quinta-feira, 27 de junho de 2013

Para Anatel, irregularidade da Sky Brasil 'é um problema da empresa'

O que você achou? 
Durante a tarde de hoje (27), publicamos a informação de que a Sky enviou a Anatel (agência reguladora do setor) dados falsos sobre a quantidade de assinantes que tem. Aumentando em até 200 mil o número de clientes que na verdade não existiam. A manipulação teria ocorrido a partir da ação de funcionários brasileiros, com intenção de inflar a base de usuários.

Para deixar a matéria mais completa esperamos uma resposta do presidente da Anatel, João Rezende. Ele disse agora a pouco que o problema da Sky no Brasil não afeta os trabalhos desempenhados pela agência na área de TV por assinatura e que a irregularidade identificada é "um problema da empresa". Para Rezende é de interesse da companhia manter o cadastro "enxuto" e "ajustado".

"Para a Anatel o problema é estatístico. Nós achamos que o interesse maior em manter o cadastro correto é sempre da empresa, porque isso gera custos para ela. Para nós não muda nada. É meramente estatístico", destacou.

Segundo ele, cabe às empresas do setor de telecomunicações informar à agência, mensalmente, qual é o seu número de clientes.

"Problemas como esse prejudicam o mercado. No caso de TV por assinatura, não há cobrança de taxa de fiscalização, como há na telefonia móvel. Se ocorresse com uma empresa de celular aí o problema seria maior", explicou o presidente.

Ainda de acordo com Rezende, neste momento, a agência não avalia ou discute aplicar qualquer medida para punir a Sky.

Como se sabe, não é a primeira vez que a Sky entra em "apuros". Recentemente existe um embate entre a operadora de TV e a Anatel pelo não cumprimento por parte da operadora no que se refere a adicionar os canais obrigatórios por lei. A Sky sempre recorre alegando que não há mais espaço em seu satélite, o que vem deixando também muitos de seus clientes irritados.

Nenhum comentário:

Postar um comentário