22/02/2024

Lionsgate+ deixará o Brasil em breve; veja quando

Streaming Lionsgate+ deixará não só o Brasil, mas toda a América Latina para se dedicar aos países de língua inglesa.

O serviço de streaming Lionsgate+, conhecido anteriormente como STARZPLAY, e agora vai encerrar suas atividades no Brasil e em toda a América Latina até o final deste ano. A data exata para o encerramento do serviço na região ainda não foi confirmada, mas os líderes da empresa de entretenimento confirmaram que as operações serão concluídas antes do início de 2024.

Lionsgate+

De acordo com Jon Feltheimer, o CEO da Lionsgate, a decisão de encerrar as operações na América Latina foi motivada por um acordo vantajoso com um distribuidor chave na região. Esse acordo influenciou a empresa a sair do território até 31 de dezembro, permitindo que a empresa direcionasse seus esforços para o serviço nos Estados Unidos e em outros países de língua inglesa, como o Reino Unido, Canadá e Austrália. Além disso, a empresa também está buscando reduzir ainda mais seus custos.

“Após sermos contatados por um distribuidor chave na América Latina, fechamos um acordo favorável que nos motivou a deixar o território até o dia 31 de dezembro, enquanto focamos no serviço nos Estados Unidos e outros países de língua inglesa, como Reino Unido, Canadá e Austrália, além de cortarmos ainda mais nossos gastos,”

O Lionsgate+ ainda está disponível por enquanto, ele reúne principalmente conteúdo do estúdio Lionsgate, que é responsável por franquias famosas como John Wick, Jogos Vorazes e Crepúsculo, juntamente com conteúdo do canal STARZ. A plataforma apresenta produções originais notáveis, incluindo séries bem recebidas como The Great, Gangs of London e Party Down, uma comédia elogiada de 2009 que foi renovada para uma nova temporada neste ano.

No território brasileiro, houve uma alteração na nomenclatura do serviço de streaming devido a um litígio legal com a Disney, durante o período de lançamento do Star+. Recentemente, esse serviço foi integrado como um pacote conjunto, permitindo que os usuários assinem diretamente dentro da plataforma do Star+. Adicionalmente, existe a opção de adquirir uma assinatura combinada que inclui tanto o Lionsgate+ quanto o Globoplay.

Feitheimer, o representante da empresa, não revelou o novo destino dos conteúdos previamente disponíveis no Lionsgate+. No entanto, ele explicou que o encerramento do serviço de streaming ocorreu como resultado de um acordo estabelecido com um distribuidor influente na América Latina, abrangendo não somente o Brasil.

Há uma especulação em torno da possibilidade de que esses conteúdos possam migrar para o próprio Star+, que é a subdivisão da Disney responsável por conteúdo direcionado a um público adulto na região. No entanto, é importante destacar que, até o momento, nada foi oficialmente confirmado.

A empresa ainda não lançou nenhum comunicado oficial sobre o assunto, mas ao ser questionada por sites como Chippu, ela confirmou o fato.

Se inscrever
Notificar de
guest
0 Comentários
Feedbacks embutidos
Ver todos os comentários