NET pede que Anatel permita a imposição de limites na internet fixa

Grupo Claro Brasil pede que Anatel aplique a polêmica franquia de dados na internet fixa até 2020.





A polêmica voltou. Um dos assuntos mais polêmicos dos últimos anos no Brasil, o pedido das teles para que a Anatel (Agência Nacional de Telecomunicações) libere a franquia de dados na internet fixa. Dessa vez o pedido partiu do Grupo Claro Brasil, que além da Claro, engloba NET e Embratel.


O objetivo da Claro e suas empresas associadas é que a franquia, que afunila o uso da web pelo tráfego que um determinado pacote pode oferecer, seja aplicado no Brasil até 2020. 


Lembrando que caso a franquia de dados seja aplicada na banda larga fixa o usuário teria uma experiência similar ao que acontece com a rede móvel, em que suas ações, como assistir vídeos ou fazer downloads, precisam estar no limite de dados que o pacote oferece, ao exceder o que foi pré-estipulado o usuário teria, por exemplo, uma redução drástica na velocidade. 

O Teletime explica que a Claro pediu que a Anatel analise as formas de comercialização da banda larga fixa para as prestadoras  “exercerem a liberdade nos modelos de negócio”. Isso se refere às franquias de consumo mensal.

VIU ISSO?


O grupo diz que a medida cautelar de 2016 da Anatel, em que impede a aplicação da franquia de dados resultou num limite para a liberdade nos modelos de negócio, além de estarem arcando com os ônus financeiros decorrentes da medida. 

A Anatel deixou esse assunto sobre a franquia de dados em stand-by, porém este ano a agência irá decidir se a franquia será ou não aplicada. Essa é uma das decisões mais importantes que o novo corpo diretivo da Anatel, presidido por Leonardo Euller de Morais, terá pela frente. 



About William Plaza
Levamos informação de qualidade sobre o setor de telefonia fixa, móvel, internet banda larga e televisão por assinatura para os milhões de brasileiros que a cada dia estão se conectando cada vez mais.

14 Comentários

  1. O motivo de elas estarem fazendo é muito óbvio, elas estão perdendo muitos clientes na TV paga, daí querem limitar a internet como um meio de " forçar" nós, os clientes, a usarmos a TV paga ou serviços de streaming próprio das operadoras. Até onde eu sei as empresa tem que atender a demanda do cliente e não o contrário. E não se surpreendam com quem defende uma empresa, pois moramos em um país onde se defende ladrões, e geralmente pra esse tipo de pessoa(que defende empresa) dinheiro não é problema. Aliás se o problema das empresas é o lucro elas deviam pedir é a diminuição dos impostos sobre eles e não querer sugar mais ainda o dinheiro suado do brasileiro deixando assim uma empresa rica mais rica e o consumidor pobre mais pobre. Perdoem os erros de português caso haja algum.

  2. Quero ver os baba ovos da Claro, que sempre estão por aqui, defender essa operadora medíocre!
    É o cúmulo limitar a internet banda larga fixa… já não basta a móvel que é uma porcaria em pacotes de dados!

  3. É isso aí! Avante Claro e Vivo! Já chega desses zumbis digitais. Essa nova geração tão parecendo mais protagonistas do "walking dead". Vamos deixar a rede livre pra quem realmente precisa dela pra produzir!

    • Mano, tu consome quanto de internet por mês?!
      Pelo visto é rico e tem condições de pagar um pacote ilimitado… com a implantação de franquia, elas vão oferecer uma merreca de dados por valores absurdos!
      Adeus serviços de streaming e jogos online!

  4. Primeiro a VIVO com essa idéia, agora a CLARO, união das operadoras para ferrar com os clientes. Em se tratando do Brasil não duvido que a ANATEL permita essa palhaçada.

  5. qual o mais fácil para as operadoras: colocarem franquia na banda fixa ou aumentarem a capacidade de suas redes?

  6. Acho que até poderiamos aceitar, desde que, como no 4G fosse liberada toda a velocidade da rede e os limites de GB fossem no mínimo 250GB por mês.

  7. Galera, conhecem a reforma da previdência… Digamos que a internet fixa está no mesmo patamar… A franquia vai ter que axistir… Isso é fato!

  8. Essa frescura de franquias na internet fixa e a forma de esperteza das operadoras que ja sao bilionárias ficarem cada vez mais rica pois termina o pacote tem que compra mais eai mais dinheiro eles ganham o governo tem que tomar alguma providência acabar com essa coisa de limite de uso de internet movele e fixa .

  9. É claro, pras operadoras tudo e pros clientes, que se danem, vamos meter o preço lá em cima que quando eles quiserem mais internet, vão pagar!
    Absurdo da Claro vim pressionar agora por esse modelo de franquia de dados!
    Eu digo não à franquia de dados.

  10. Isso é retrocesso. Boicote a Claro…

  11. Concordo com o Lucas.
    Se eles não dão conta do recado ou não querem, liberem o cliente sem multa para mudar de provedor.

  12. A claro está retardada , já e uma porra franquia no dados móveis que eu como tenho wi-fi em casa , só uso dados móveis quando eu saio mesmo , pq para jogar no Pc e no vídeo game eu não iria usa dados móveis primeiro pela franquia bem pouca que essas operadoras oferecem , e segundo pelo ping acima de 20 que as operadoras por ser rede móvel o ping não é baixo igual a vivo fibra que tem 1 Ou 2 de ping , colocar franquia é coisa do passado então quer colocar franquia na internet fixa coloca 1000 gb de franquia ai vê se eles coloca , e no celular que tinha que ser 20 gb de franquia por 50 reais para todo mundo no mínimo ou colocar logo ilimitado , os caras querem volta para atras invés de ir para frente , tem que aumentar a velocidade da internet fixa e abaixar o preço e não colocar franquia essa claro está com pensamento burro só pode franquia é burrice

Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.


*