Vodafone chega a acordo para a saída de 620 trabalhadores

A Vodafone Espanha chegou a acordo com os sindicatos para a saída de 620 trabalhadores.

O número de rescisões fica abaixo do corte de mil postos de trabalho inicialmente esperado e em linha com os 650 que, no mês passado, os sindicatos adiantaram ser o objetivo da operadora, atualmente liderada pelo português António Coimbra.

“O acordo alcançado limita o número de cortes nos 620, enquanto alguns serviços podem ser feitos em outsourcing, afectando até 130 postos de trabalho”, disse a Vodafone em comunicado.

O acordo passa ainda pela mudança nas condições de trabalho de 150 colaboradores, sendo que 400 dos atuais 4 mil funcionários da Vodafone Espanha já não irão receber vouchers de alimentação livres de impostos.

A empresa justificou o corte de quadros era necessário para apoiar a “viabilidade” da operadora e libertar fundos para investimento em infraestruturas e rede.

O setor das telecomunicações na Espanha tem sido afetado pela crise que tem afetado a economia do país e levado uma série de empresas a reduzir os seus quadros, contribuindo para os 26% de taxa de desemprego do país.

COMPARTILHAR EM:


About Redação Minha Operadora
Um dos principais sites de notícias sobre o setor de telecomunicações do Brasil e do mundo. Mais de 10 mil artigos publicados com cerca de 1 milhão de páginas lidas todos os meses.
Acompanhar esta matéria
Notificação de
0 Comentários
Comentários embutidos
Exibir todos os comentários