Carta de reclamações com 55 metros fica pronta

Quem nunca ficou sem sinal no celular na hora que precisava fazer uma ligação? Ou tentou acessar a internet pelo aparelho e não conseguiu?
Esses problemas foram alguns dos relatados no site Alô, quero falar!, que ficou disponível por 30 dias para que os usuários fizessem suas queixas.
O site recebeu 2.181 reclamações, feitas por clientes das principais operadoras do país: Vivo, TIM, Claro, Oi e Nextel.
Quais os problemas mais relatados?
Celular sem sinal, internet 3G que não funciona e cobranças indevidas foram os campeões de queixas no site.  Falhas no envio de mensagens e mau atendimento na central também apareceram na lista.
Confira o ranking de reclamações no site “Alô, quero falar!”:
Resposta das empresas telefônicas
A Nextel foi a única operadora que recebeu a equipe da Konkero para entrega da carta. Após a visita, a empresa enviou um comunicado oficial:
A Nextel prioriza em sua estratégia de negócio a qualidade na prestação de serviços e o respeito ao consumidor. A empresa vem redobrando seus esforços e ampliando seus investimentos em treinamentos, processos e contratações dos canais de atendimento ao cliente, buscando manter o nível histórico de excelência e satisfação dos consumidores que sempre caracterizou a atuação da companhia.

A operadora esclarece também que realiza frequentemente testes de monitoramento de rede, investindo os recursos necessários para a melhoria de sua cobertura sempre que possíveis instabilidades são identificadas.

A TIM retornou o contato por meio de sua assessoria de imprensa:

Atualmente, a TIM possui mais de 69 milhões de clientes. Além de prover serviços de qualidade, um dos grandes desafios da companhia é atender aos seus clientes com eficiência e agilidade. Mais do que ter o foco no cliente, queremos ter o foco do cliente dando a ele canais alternativos de atendimento que supram sua necessidade.

Além do atendimento telefônico (1056 e *144), a empresa disponibiliza o Portal de Conteúdos *144# – um canal gratuito que possibilita ao cliente TIM ter acesso rápido à consulta de informações e solicitação de serviços por meio do próprio celular – e está presente nas redes sociais (Twitter e Facebook) e website (www.tim.com.br).
Já as empresas Claro, Oi e Vivo não se pronunciaram sobre a ação.

About Redação Minha Operadora
Um dos principais sites de notícias sobre o setor de telecomunicações do Brasil e do mundo. Mais de 10 mil artigos publicados com cerca de 1 milhão de páginas lidas todos os meses.
Acompanhar esta matéria
Notificação de
0 Comentários
Comentários embutidos
Exibir todos os comentários