Para Oi, uso ilimitado de rede é ruim

O presidente da Oi, Francisco Valim, criticou os modelos de uso ilimitado de redes. Para ele, o conceito de voz ilimitado é “muito ruim” para a indústria, mas isso já está “sendo regulado pelo próprio mercado”, segundo ele. Ele lembrou que não adianta uma única operadora ser eficiente. É preciso que todas sejam, porque os problemas de qualidade de uma se refletem sobre os usuários de outra. “O problema de qualidade (das chamadas) é um problema de rede. Quando a Anatel identifica que existe um problema de qualidade nos celulares em geral, todas as operadoras precisam mudar de patamar para que a percepção do cliente mude. Como no Brasil o nosso mercado é quase equidistante entre a menor e a maior operadora, o mercado é muito competitivo e para melhorar a qualidade todo mundo tem que melhorar”. Para ele, a Anatel está chamando corretamente a atenção “para o fato de que as operadoras entraram num mundo em que o ilimitado é um problema. A discussão do on-net e off-net é séria e a agência, também corretamente, precisa achar uma solução para isso. O conceito do on-net puro e ilimitado é ruim para a indústria”.

Para Valim, outra discussão importante diz respeito ao fim do Código de Seleção de Prestadora (CSP), que permite a escolha da operadora de longa distância. Para Valim, o mercado de captura de usuários de longa distância de outras operadoras morreu, e com ele morreu o CSP. “Isso era uma febre temporária mesmo, que nunca se imaginou que fosse perdurar. Esse negócio do CSP é algo que cumpriu sua missão”.

No UOL Play você encontra filmes, séries, desenhos, shows e esportes ao vivo. Além disso, alugue os títulos que acabaram de sair do cinema. Clique e experimente por 7 dias grátis!

About Redação Minha Operadora
Um dos principais sites de notícias sobre o setor de telecomunicações do Brasil e do mundo. Mais de 10 mil artigos publicados com cerca de 1 milhão de páginas lidas todos os meses.
Acompanhar esta matéria
Notificação de
0 Comentários
Comentários embutidos
Exibir todos os comentários