Você prefere a GVT completa ou fatiada?

Vendida ou fatiada. Esses podem ser os dois prováveis destinos da GVT, que desde 2009 está sob o controle da Vivendi. O grupo de mídia francês acaba de anunciar a possibilidade de vender a operadora ou abrir o seu capital a fim de recuperar os seus lucros.

Os bancos de investimento Rothschild e Deutsche Bank, escolhidos para definir o melhor destino para a GVT, coordenam um possível leilão que reuniria entre os candidatos a Oi, TIM, Vivo, Claro e fundos de investimento.

A Empresa está avaliada em US$ 10 bilhões

Outra possibilidade é a criação de um fundo, pelo JP Morgan, que encaminharia uma proposta de compra estimada em no mínimo US$ 500 milhões, valor abaixo dos US$ 10 bilhões avaliados pelo mercado.

COMPARTILHAR EM:


About Redação Minha Operadora
Um dos principais sites de notícias sobre o setor de telecomunicações do Brasil e do mundo. Mais de 10 mil artigos publicados com cerca de 1 milhão de páginas lidas todos os meses.
Acompanhar esta matéria
Notificação de
0 Comentários
Comentários embutidos
Exibir todos os comentários