Oi demonstra tecnologia 4G


A Oi oferecerá degustação da tecnologia 4G aos participantes do 56º Painel Telebrasil, evento especializado do setor de telecomunicações, realizado pela Associação Brasileira de Telecomunicações (Telebrasil) e que acontece nos dias 29 e 30 de agosto, no Unique Palace, em Brasília. A companhia fará demonstração da nova tecnologia em seu lounge institucional, no hall de entrada do evento.

Na demonstração, os participantes da conferência poderão visualizar uploads de arquivos de vídeo de alta definição com alta qualidade e, ainda, comprovar a alta taxa de transferência de dados proporcionada pela tecnologia 4G. A iniciativa de oferecer o 4G neste evento é uma parceria da Oi com a Nokia Siemens e tem autorização da Anatel.

O LTE, conhecido como 4G, é um novo padrão de tecnologia de banda larga móvel, desenvolvido para ser adotado pelas operadoras de telefonia celular como evolução das atuais tecnologias 3G. No 4G, a velocidade no tráfego de dados pode alcançar velocidades teóricas de até 100 Mbps. 

“A Oi foi a primeira operadora brasileira a realizar uma demonstração pública da tecnologia 4G, durante a conferência Rio+20. Foi um teste pioneiro no país, para pessoas do mundo inteiro”, lembra Luis Alveirinho, Diretor de Desenvolvimento e Engenharia de Rede da Oi. “Com o 4G, a Oi vai fortalecer sua competitividade no mercado, oferecendo mais capacidade, mais velocidade e maior eficiência na conexão de internet móvel aos seus clientes. Este teste no 56º Painel Telebrasil vai mostrar novamente os benefícios do 4G”, acrescenta.

Em junho desse ano, a Oi adquiriu, em licitação realizada pela Anatel, um dos lotes com abrangência nacional para operar telefonia celular 4G na faixa de frequência de 2,5 GHz, no valor de R$ 330.851.000,00, com ágio de 5% sobre o preço mínimo, o menor entre os pagos pelas operadoras para os lotes com cobertura nacional. Além da faixa de 2,5 GHz para o 4G, o lote arrematado inclui a faixa de 450 MHz, voltada para cobertura de áreas rurais, com obrigação de aproximadamente 17% da cobertura nacional.

Antes mesmo de arrematar a licença no leilão, a Oi concluiu testes da tecnologia LTE em laboratório e em campo, em parceria com os fabricantes internacionais Huawei, Alcatel, Nokia Siemens, ZTE e Ericsson, nas cidades de Teresópolis, Cabo Frio, Macaé, Itaguaí e Araruama, no Rio de Janeiro. Os testes foram realizados em três etapas: testes de conformidade, de funcionalidades especiais e de desempenho outdoor. Foram avaliadas as características e a performance técnica dos equipamentos, antecipando potenciais problemas de implantação, com o objetivo de garantir a qualidade na entrega dos serviços aos usuários.

O plano de negócios da Oi prevê que até 2015 serão realizados investimentos totais de R$ 24 bilhões, dos quais R$ 6 bilhões serão gastos somente este ano. Mais da metade será destinado à expansão da infraestrutura de banda larga, o que inclui reforço da capacidade e velocidade, aumento da cobertura, reforço de rede de transporte e introdução de novos serviços, fortalecendo seu amplo portfólio de tecnologias de banda larga, incluindo FTTH, Wi-Fi, 3G e 4G.

No UOL Play você encontra filmes, séries, desenhos, shows e esportes ao vivo. Além disso, alugue os títulos que acabaram de sair do cinema. Clique e experimente por 7 dias grátis!

About Redação Minha Operadora
Um dos principais sites de notícias sobre o setor de telecomunicações do Brasil e do mundo. Mais de 10 mil artigos publicados com cerca de 1 milhão de páginas lidas todos os meses.
Acompanhar esta matéria
Notificação de
0 Comentários
Comentários embutidos
Exibir todos os comentários