“Call Parade” leva arte e cor aos telefones públicos de São Paulo

Em uma analogia ao projeto “Cow Parade”, que espalhou uma série de vacas coloridas pela cidade de São Paulo, a intervenção artistica “Call Parade” se destaca ao propor exatamente o mesmo, porém, usando telefones públicos.

Através de uma parceria entre a empresa Toptrendes e Vivo/Telefônica, a “Call Parade”, que surge em um momento de mudança de marca dos serviços da empresa de telefonia, se destaca ao convidar artistas e cidadãos anônimos para personalizarem alguns telefones públicos do centro da capital paulista.

Os responsáveis pela iniciativa, que começou no último fim de semana e estará nas ruas até o próximo 24 de junho, afirmam que “essa exposição ao ar livre torna a arte acessível para todos”.

Segundo os organizadores, o propósito da intervenção artística também é reduzir o número de telefones públicos que são destruídos por vândalos, um problema que afeta 25% dos 52 mil aparatos telefônicos espalhados por São Paulo na atualidade.

Divididos em oito circuitos pelo centro da capital paulista, os telefones personalizados estão expostos próximos de lugares turísticos e, principalmente, na Avenida Paulista.

A cor das pinturas, os desenhos, as texturas, os materiais e outras particularidades ficaram a critério dos próprios artistas, como Juárez Fagundes – autor do “Vivo Conectando”, obra em que o telefone se transforma em um inusitado e colorido boné.

Um cérebro, uma joaninha e até um capacete do piloto Ayrton Senna são outros exemplos de desenhos desta série, que, posteriormente, também deverá passar por outros pontos da cidade e por outros municípios onde a Telefônica é a operadora fixa.

Nós do Portal #Minha Operadora também estamos preparando uma série de matérias em conjunto com a Vivo contando a história dos orelhões até hoje e como a Call Parade vai revolucionar os TPs. Vale a pena conferir. É em breve!

COMPARTILHAR EM:


About Redação Minha Operadora
Um dos principais sites de notícias sobre o setor de telecomunicações do Brasil e do mundo. Mais de 10 mil artigos publicados com cerca de 1 milhão de páginas lidas todos os meses.
Acompanhar esta matéria
Notificação de
0 Comentários
Comentários embutidos
Exibir todos os comentários