Telefônica deve demitir 2000 no Brasil

Há algumas semanas, a Telefônica iniciou uma profunda reformulação. Em fevereiro, o novo diretor-geral da empresa, Paulo César Teixeira, demitiu cerca de 25 vice-presidentes e diretores.
Alguns dos cargos foram extintos e outros foram preenchidos com promoções internas. A fase mais aguda das mudanças deverá ocorrer em março. Cerca de 2 000 funcionários, o equivalente a aproximadamente 10% do total do quadro da companhia, deverão ser desligados. O corte deverá afetar todas as áreas e visa eliminar a duplicidade de funções.
As mudanças são resultado da fusão das operações da unidade de telefonia fixa da Telefônica com a operadora de celular Vivo, adquirida pelos espanhóis no ano passado. Em abril, as empresas deverão unir todas as suas operações e passarão a utilizar o nome Vivo para todos os serviços oferecidos ao público.
A empresa confirma que houve mudanças na cúpula, mas não comenta a possibilidade de novos cortes.


A SKY tem o plano ideal para a sua TV! Aproveite já com 50% de desconto no primeiro mês. Ligue 0800 123 2040.

COMPARTILHAR EM:

About Redação Minha Operadora
Um dos principais sites de notícias sobre o setor de telecomunicações do Brasil e do mundo. Mais de 10 mil artigos publicados com cerca de 1 milhão de páginas lidas todos os meses.
Acompanhar esta matéria
Notificação de
0 Comentários
Comentários embutidos
Exibir todos os comentários