InícioNotíciasProjeto de lei prevê volta do bloqueio de celulares

Projeto de lei prevê volta do bloqueio de celulares

Hoje, se você deseja desbloquear um celular comprado em qualquer operadora, basta pedir. Mesmo que o cliente esteja vinculado a algum plano de fidelidade e tenha recebido desconto pelo aparelho, a operadora é obrigada a desbloqueá-lo sem custos. Claro, a multa para deixar o plano de dados ou voz continua, mas o celular fica “livre”.
 
Quando a medida foi aprovada, há cerca de um ano, foi aplaudida pelos consumidores. As operadoras ainda poderiam vender celulares bloqueados, como a Vivo e Claro ainda fazem, mas o desbloqueio é gratuito caso o consumidor o solicite. Contudo, parece que o Congresso pretende dar um passo para trás. 
Celular bloqueado
Segundo a INFO, a câmara aprovou um projeto de lei que traz de volta a multa para o consumidor que quiser desbloquear um aparelho subsidiado pela operadora. O projeto de lei ainda terá que ser aprovado no Senado, mas se for aprovado, a empresa poderá bloquear o dispositivo por 12 meses, estando o consumidor sujeito a multa caso queira desbloqueá-lo.
 
Isso vale para qualquer celular que tenha sido subsidiado ou “doado” pela operadora, vinculado a planos de fidelidade. Após o período de 12 meses, o desbloqueio passa a ser gratuito. Até lá, o valor da multa deve estar previsto em contrato, com valor a ser cobrado proporcional à data de compra do aparelho, ou seja, quanto mais próximo dos 12 meses, menor a multa.
 

Fato curioso: o texto original do projeto de lei, do deputado Arnon Bezerra, proibia de forma geral o bloqueio de celulares, mas o texto aprovado foi alterado na Comissão de Ciência e Tecnologia da Câmara.
A Oi informa que ainda não foi notificada da idéia.
Redação Minha Operadora
O mais acessado site de notícias sobre o setor de telecomunicações do Brasil. Mais de 17 mil artigos publicados com cerca de 1 milhão de páginas vistas todos os meses.

1 COMENTÁRIO

Acompanhar esta matéria
Notificação de
1 Comentário
mais antigo
mais novo mais votado
Comentários embutidos
Exibir todos os comentários