Ministério das Comunicações entrega 300 novos pontos de acesso à internet

Objetivo é ativar 4 mil pontos instalados nas cinco regiões do país até o final do ano.

Fábio Farias, Ministro das Comunicações | Reprodução: MCOM
Fábio Farias, Ministro das Comunicações | Reprodução: MCOM

Durante a Semana Nacional das Comunicações, estão sendo entregues 300 pontos de acesso com conexão via satélite, banda larga, gratuita e ilimitada.

As entregas estão sendo realizadas pelo Ministério das Comunicações (MCom), responsável por coordenar o programa Wi-Fi Brasil.

O objetivo é levar acesso à internet para o atendimento de uma parte da população que ainda se encontra no deserto digital.

A meta é que, até o final desta ano, sejam ativados 4 mil pontos de acesso à internet instalados em todas as regiões do país. Apenas nos últimos dois anos, foram instalados 13.444 pontos em 2.944 municípios de todos os estados brasileiros.

VEJA TAMBÉM:

—> Mil municípios vão receber pontos de internet grátis

—> Wi-Fi Brasil instala mais de 13 mil pontos de internet via satélite pelo país

—> Governo Federal expande a oferta de fibra na região nordeste

Por meio do programa Wi-Fi Brasil, 8,5 milhões de pessoas já foram beneficiadas. Além disso, o programa já atendeu 2,6 milhões de estudantes.

O ministro das Comunicações, Fábio Faria, destacou, durante a cerimônia de assinatura do protocolo de intenções do programa Wi-Fi Brasil, na última quarta-feira, o legado de Marechal Rondon, que é o patrono das comunicações no país, homenageado no dia 5 de maio, data de seu aniversário.

“O dia de hoje é muito importante, porque estamos aqui mostrando que o Governo Federal está indo onde ninguém vai. Marechal Rondon, há 100 anos, tentou conectar a região Norte com o restante do Brasil. Ainda hoje temos o maior deserto digital por lá, mas através do Wi-Fi brasil já levamos mais de 13 mil pontos de internet para esse Brasilzão”, disse.

O presidente Jair Bolsonaro parabenizou a forma como o ministro vem conduzindo o programa Wi-Fi Brasil e disse que esses novos pontos de acesso à internet são importantes para o acesso a informação.

Wi-Fi Brasil

O programa serve para atender localidades de vulnerabilidade social e com baixos índices de conectividade. Nesse sentido, são priorizadas escolas, aldeias indígenas, comunidades quilombolas, postos de saúde, unidades de segurança pública, postos de fronteira, bibliotecas, telecentros, além de outros postos de inclusão.

Com informações de MCom.

Acompanhar esta matéria
Notificação de
0 Comentários
Comentários embutidos
Exibir todos os comentários