terça-feira, 26 de março de 2019

Confira qual a velocidade média da banda larga fixa no Brasil

Dados da Anatel revelam também que o preço por Mb/s vem caindo nos últimos anos.


De acordo com dados da Anatel (Agência Nacional de Telecomunicações), publicados em um relatório sobre o mercado de banda larga fixa brasileiro, a velocidade média de conexão é 24,62 Mbps. Porém a faixa mais comum de velocidade em que os usuários acessam à web é entre 2 Mbps e 12 Mbps (31,5%).

Um dos fatores que continuará contribuindo para que os usuários tenham acesso a planos com velocidades cada vez maiores é a consolidação dos planos de fibra do país. 


Embora esteja crescendo - alcançou 18,5% dos acessos em 2018 - o panorama sobre a fibra ainda é preocupante em alguns lugares. No Piauí, por exemplo, apenas 17,9% dos municípios possuem fibra. Em contraste, o Distrito Federal, Paraná, Rio de Janeiro e Santa Catarina já possuem todas as suas cidades com fibra.

A Anatel diz que 3.589 municípios do Brasil já estão oferecendo banda larga fixa por fibra. A empresa que lidera no segmento, em termos de penetração, é a Oi.

A tecnologia ainda predominante, em grande parte pelo seu tempo de mercado, são as conexões por cabos metálicos, porém é importante ressaltar que ela vem perdendo espaço. eM 2017 representava 71,9% do mercado, em 2018 caiu para 41,9%¨

O preço pago pelo brasileiro para os serviços de telecomunicações é sempre uma questão em pauta. Falando estritamente da banda larga fixa, já mostramos aqui, que de acordo com UIT (União Internacional de Telecomunicações), o Brasil é o país com a maior carga tributária sobre o serviço (40%).

VIU ISSO?


Mesmo com esse panorama, a Anatel mostra que o valor cobrado pelo serviço vem diminuindo. O preço médio por Mb/s caiu 83% desde 2010, passando de R$ 21, 20 para R$ 3,50. Um movimento natural observado em praticamente qualquer tecnologia, maior penetração no mercado, desenvolvimento de soluções mais inteligentes e econômicas e maturação acabam ocasionando uma redução no preço ao longo dos anos.

Entre as operadoras a que conta com o MB/s mais barato da atualidade é a ClaroÑET - R$ 2,70. A mais cara é a da Sercomtel - R$ 5,50. O ranking completo é o seguinte:

1º lugar: Claro/NET – R$ 2,70
2º lugar: Oi – R$ 2,90
3º lugar: TIM – R$ 3,10
4º lugar: Vivo – R$ 3,30
5º lugar: Sercomtel – R$ 5,50

A operadora mais bem avaliada pelo consumidor é a paranaense Copel, que recebeu a nota 8,35 - a média geral é 6,43. Dentre as grandes a TIM foi quem se saiu melhor no índice de satisfação -  7,24 (avaliação em 2 estados). NET aparece com 6,62 (melhor nota em 19 estados) e Vivo com 6,48 (melhor nota em 13 estados). A Oi recebeu 5,88 (melhor nota em 5 estados).


Um comentário:

Ao deixar a sua opinião no Minha Operadora você concorda em respeitar o nosso Código de Conduta.