Embratel lança serviço de Banda Larga via satélite com Banda Ka

Serviço possibilita que empresas de diversos de diversos portes e segmentos possam contar com Banda Larga via satélite.

A Embratel anuncia a ampliação do IPSAT, serviço de Banda Larga disponibilizado a partir do satélite Star One D1, o maior já lançado pela companhia. 


A oferta passa a ser disponibilizada em Banda Ka e possibilita que empresas de diversos tamanhos e segmentos instaladas em localidades com pouca ou nenhuma infraestrutura de telecomunicações tenham acesso à Internet Banda Larga de qualidade, com velocidades e preços ainda mais atrativos.


A solução permite conexão à Internet Banda Larga em diversas localidades em todo o Brasil. Entre as velocidades comercializadas estão 20 Mbps (download) com 4 Mbps (upload) ou 25 Mbps (download) com 4 Mbps (upload). Também é possível contratar um IP Fixo, permitindo configurações de acesso reverso à rede do cliente.

Star One D1

“A nova solução ajuda as companhias a atingirem a maturidade digital com Internet segura e de qualidade, a base para a digitalização dos negócios”, afirma Gustavo Silbert, Diretor Executivo da Embratel Star One. Segundo o executivo, a oferta levará a transformação digital às empresas, incluindo as de menor porte localizadas em regiões distantes dos grandes centros.

O novo IPSAT com Banda Ka amplia as possibilidades de acesso à Internet em alta velocidade para empresas, mesmo sem a existência de infraestrutura terrestre de telecomunicações na região, além de permitir a formação de rede VPN segura por meio de protocolo IPSec. A oferta também atende com eficiência as aplicações em Internet das Coisas (IoT), que poderão usar as estações IPSat como pontos concentradores, explica a Embratel em nota.

O IPSAT, também pode ser utilizado como backup de conexões de dados existentes, garantindo a disponibilidade e a confiabilidade dos negócios. A empresa acredita que exista uma demanda reprimida que pode ser atendida com a solução, inclusive em regiões do agronegócio, muito representativa para a economia do Brasil.

“Estamos tornando o uso de Internet Banda Larga via satélite mais acessível aos diferentes tipos de empreendimentos. As velocidades disponibilizadas são capazes de atender a diversos perfis de negócios, inclusive aqueles com maior demanda de tráfego”, explica Silbert, lembrando que as empresas podem contratar a solução em Banda Ku, para áreas eventualmente não cobertas pela Banda Ka.

About William Plaza
Levamos informação de qualidade sobre o setor de telefonia fixa, móvel, internet banda larga e televisão por assinatura para os milhões de brasileiros que a cada dia estão se conectando cada vez mais.

6
Deixe um comentário

avatar
5 Número de Comentários
1 Número de Respostas
0 Seguidores
 
Comentário mais reagido
Comentário com mais interação
1 Autores de comentários
Nemésio Carlos da SilvaNélson OliveiraUnknownJeffrenilson antonio de oliveira oliveira Autores recentes de comentários
  Cadastre-se  
o mais novo mais antigo mais votado
Notificação de
renilson antonio de oliveira oliveira
Visitante

Com certeza será uma solução boa para regiões de difícil acesso,que não cobertas até mesmo dentro das cidades cahamada de áreaÁ fantasmas como a minha,moro na cidade do Natal numa área que não é coberta pela internet cabeada

Jeff
Visitante

Não tem preço e não será disponibilizada para pessoa física??

Unknown
Visitante

Pequenos sítios em áreas rurais serão contemplados?

Unknown
Visitante

Pessoas físicas da área rural terão acesso?

Nélson Oliveira
Visitante

Pessoas físicas podem adquirir o serviço?

Nemésio Carlos da Silva
Visitante
Nemésio Carlos da Silva

Pessoas físicas poderão acessar ou é somente para empresas. Tenho propriedade rural no interior do município de Chapecó – cep 88804-970