segunda-feira, 11 de fevereiro de 2019

Discussão sobre o uso da faixa de 450 MHz é adiada pela Anatel

Anatel alega que processo envolve questões muito relevantes, "cuja solução não é trivial".


O Conselho Diretor da Anatel adiou novamente a decisão sobre o uso dos 450 MHz em relação as obrigações que devem ser cumpridas em relação ao leilão realizadas em 2012.

ClaroVivo, TIM e Oi pedem para trocarem as obrigações de implementação de redes terrestres assumidas em 2012, quando compraram a faixa de 450 MHz, por serviços via satélite.



As operadoras alegam ser restrita a disponibilidade de equipamentos nessa fatia do espectro. Por isso, para atender parte dos compromissos assumidos no leilão adotaram o uso de soluções via satélite. As teles querem que a Anatel reconheça e dê as obrigações do leilão como atendidas.

No ano passado a Vivo anunciou uma parceria com a Ericsson, Raízen e EsalqTec para o desenvolvimento da internet das coisas (IoT) para o agronegócio, utilizando o 4G na faixa de 450 MHz na região de Piracicaba.

VIU ISSO?

Em relação a adiar a decisão, o conselheiro Emmanoel Campelo declarou que "o processo envolve questões muito relevantes, cuja solução não é trivial. Inclusive já tem quatro manifestações de conselheiros. Em maior ou menor grau os votos admitem a cobertura satelital, mas se diligenciei a área técnica sobre os valores dos descumprimentos é necessário atualizar antes de trazer a proposta ao colegiado”.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ao deixar a sua opinião no Minha Operadora você concorda em respeitar o nosso Código de Conduta.