sexta-feira, 7 de dezembro de 2018

Velocidade de internet no Brasil seguirá abaixo da média global

Previsão da Cisco mostra que nos próximos anos velocidade média de internet no Brasil continuará bem abaixo dos padrões globais.


De acordo com dados revelados pela Cisco a velocidade média de internet no Brasil dará um salto de 13,2 Mbps para 29 Mbps. Mesmo com essa evolução seguirá decepcionando, deslocado totalmente da média global, que de acordo com a companhia será de 75,4 Mbps.

As informações foram reveladas no relatório Virtual Networking Index (VNI) da Cisco. O problema da velocidade de internet no Brasil é também uma característica da região em que o nosso país se encontra. Em 2020 a América Latina continuará sendo uma das regões mais atrasadas em termos de velocidade média de conexão. 



Apenas o Chile será um ponto fora da curva em 2020, registrando velocidade média de 70 Mbps, próximo a média global de 75,4 Mbps, apontada pela Cisco.


O panorama decepcionante da América Latina, quando comparado com outras regiões deve-se à falta de investimentos, conforme explica Mario de La Cruz, diretor de Relações Governamentais Cisco para América Latina. "Há uma parada no desenvolvimentos das redes na região”, declarou o executivo durante a apresentação do relatório.



Enquanto não há investimento suficiente, e, consequentemente, a média de velocidade seguirá decepcionando, o comportamento do usuário no Brasil e em demais países da América Latina seguirá tão avido por conteúdo e consumo de banda como os que estão em regiões mais favorecidas em termos de performance de rede. 

VIU ISSO?


Prova disso é o crescimento do tráfego de vídeo. No Brasil, essa aplicação crescerá 22% a cada ano, gerando um tráfego de dados de 4.2 exabyte por mês em 2020. Só para efeito comparativo: em 2017 foram gerados por mês 1.7 exabyte de dados por mês. O público brasileiro é um um grande consumidor de dados, mesmo tendo uma conexão tão deficiente. 

Em relação ao tráfego global de dados em 2020, o crescimento será de 33% ao ano - 282,3 exabytes de dados por mês.



A Cisco diz que atividades relacionadas ao entretenimento serão responsáveis por 85% do trafego da rede em 2020. Outro dado bem interessante é sobre o aumento da base de pessoas conectadas à internet. Em 2017 a Cisco informou que a internet tinha 3,84 bilhões de usuários ao redor do mundo, em 2020 serão 4,8 bilhões!


4 comentários:

  1. Agora com os super ministros do Bolsonaro, a bancada no governo no congresso, vamos ficar abaixo de Cuba.

    ResponderExcluir
  2. Creio que este relatório está subestimado, ao menos para o Brasil; ainda temos muita coisa a serem melhoradas (óbvio), mas os pequenos provedores tem feito um serviço de "formiguinha" e vêem instalando infraestrutura de Fibra Óptica de forma muito intensa! Os planos de entrada estão geralmente na casa dos 100 Mbps. Atrevo a dizer que a média nacional, muito em breve, dará um salto significativo, bem antes de 2020.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Creio que não essa velocidade que você diz, e somente em cidades grandes, e mesmo aqui em SP capital, os bairros periféricos vivem com 2MB, pois não há concorrência, já que o governo e o lixo da Vivo ,faz acordo pra nenhum provedor entrar na cidade, a situação e triste, ainda mais em cidade menores, nem todas tem provedores menores.

      Excluir
  3. Natural, empresas fingem que expandem em bairros mais afastados, e a propaganda na TV fala da fibra, com ose qualquer um pudesse ter, piada.

    ResponderExcluir

Ao deixar a sua opinião no Minha Operadora você concorda em respeitar o nosso Código de Conduta.