segunda-feira, 12 de novembro de 2018

Novo presidente realiza ‘dança das cadeiras’ na Anatel

O que você achou? 
Superintendentes e cargos de chefia foram remanejados na agência.

O novo presidente da Agência Nacional de Telecomunicações, Leonardo de Morais, realizou as primeiras mudanças na estrutura da agência, na última sexta-feira (09). Três superintendentes, assessorias técnicas, da presidência e na secretaria do Conselho Diretor serão afetados.

Na superintendência Executiva, sai Carlos Baigorri e assume Karla Crossara Rezende. Baigorri, por sua vez, vai comandar a superintendência de Controle de Obrigações, no lugar de Osmar Bernardes Junior. 

Da superintendência de Outorga e Recursos à Prestação, saí Vitor Elísio Menezes e quem assume o cargo interinamente é o atual gerente de outorga e licenciamento, Yroá Ferreira.

Morais também indicou a troca de Marcus Paolucci por Humberto Silva, que passa a ser o novo chefe da assessoria técnica da Anatel

Fabiana Sampaio sai da chefia da secretaria do Conselho Diretor e é substituída por Letícia Fernandes, que era chefe de gabinete da presidência.

VIU ISSO?


A chefia do gabinete da presidência será assumida agora por Ronaldo Moura Filho. 

Leonardo Morais escolheu seus assessores diretos e pessoas próximas para ascender aos cargos de chefia da agência. 

Letícia Fernandes, chefe de gabinete na presidência de Jurez Quadros, assume a secretaria do Conselho Diretor, setor para onde também vai, como substituto, Rodolfo Neumann, que também estava na presidência. 

Azarias Franco e Elizabeth dos Santos assumem coordenações dentro da secretaria do Conselho. 

A mudança também atinge a Assessoria Parlamentar e de Comunicação Social. A jornalista Mônica Tavares deixa a chefia e o lugar dela assume, também interinamente, Daniel França.



Um comentário:

  1. Queria que o Bolsonaro colocasse alguém fora da política, pra ver se param de defender empresas, tiram o monopólio das 4 principais, e faça os serviços expandirem mais para os pobres, porque internet fixa de alta velocidade, só pra classe média em grandes cidades, piada, mas me parece que o governo não poderá interferir nisso infelizmente.

    ResponderExcluir

Ao deixar a sua opinião no Minha Operadora você concorda em respeitar o nosso Código de Conduta.