terça-feira, 2 de outubro de 2018

Futuro da Sercomtel pode ser decidido quinta-feira pela Anatel

O que você achou? 
Operadora está em iminência de perder suas licenças de operação de telefonia fixa, celular e banda larga.

O futuro da Sercomtel poderá ser decidido na próxima quinta-feira (04), em reunião do Conselho Diretor da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel). 

O órgão poderá impedir a operadora de Londrina a continuar ofertando serviços de telefonia fixa, celular e banda larga.

Em agosto de 2017, a Anatel pediu a cassação das licenças de operação da Sercomtel, que é administrada pela Prefeitura de Londrina, devido as dificuldades econômicas enfrentadas pela operadora.

A Sercomtel chegou até a apresentar plano de recuperação financeira à Anatel. No entanto, por ser uma empresa pública, não pode nem pedir recuperação judicial e nem renegociar sua dívida, como fez a Oi

Com uma dívida de R$ 190 milhões, a operadora não conseguiu nem mesmo a aprovação do Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) que tentava junto ao órgão regulador. 

Conforme a Anatel, a Sercomtel deveria manifestar de forma concreta qual saída iriam adotar para evitar a cassação das licenças. No entanto, a operadora não apresentou soluções. 

LEIA TAMBÉM:


Agentes privados chegaram a sondar a possibilidade de compra da Sercomtel, o que injetaria capital na operadora, mas as negociações não avançaram.

Um dos entraves para a venda da prestadora é uma lei municipal que estabelece que a administração pública precisa deter 51% do capital da empresa

No entanto, os investidores só colocam capital se puderem assumir o controle. 

A Anatel esperava que algum projeto fosse ser enviado para a Câmara Municipal na tentativa de reverter essa lei e alterar o controle da empresa, mas nada disso aconteceu. 

No ano passado, a operadora conseguiu diminuir o prejuízo líquido anual (em 2016 foi R$ 20,6 milhões e 2017, R$ 4,4 milhões), mas não conseguiu equacionar a grande dívida que acumula.



4 comentários:

  1. entao ele vai feixao nao vai atua mais

    ResponderExcluir
  2. Ai vai a leilão, e uma empresa grande compra, e adeus internet boa e expansão.

    ResponderExcluir