segunda-feira, 13 de agosto de 2018

Dados ilimitados da Algar fazem sua base no pós chegar a 331 mil

O que você achou? 
Operadora acumula resultados positivos no segundo trimestre do ano ao lucrar R$ 79,9 milhões, 22,5% a mais do que em 2017.

A Algar Telecom lucrou R$ 79,9 milhões no segundo trimestre de 2018, de acordo com dados financeiros divulgados nesta segunda-feira (13). O número foi 22,5% maior no ano e 42,4% superior ao primeiro trimestre, quando a operadora registrou R$ 56,1 milhões de lucro líquido consolidado.

A receita bruta da companhia foi de R$ 908,2 milhões no período, um aumento de 3% no ano. De acordo com a Algar, o aumento reflete, principalmente, no crescimento das receitas de telecom dos clientes B2B, que aumentou 8,8%.


As receitas dos clientes B2B representaram, no segundo trimestre do ano, 57% das receitas totais de telecom, atingindo R$ 383 milhões. Também aumentaram os SVAs do setor, que incluem serviços de segurança de rede, e só a receita de voz diminuiu no trimestre.

Até então, a Algar tinha presença no Sul, Sudeste e Centro-Oeste com o segmento B2B, mas, em julho, ela iniciou suas operações no Nordeste do Brasil, com a inauguração de um escritório técnico-comercial na cidade de Fortaleza.

O Ceará, que por meio do cabo Monet conecta as cidades de Fortaleza e Praia Grande (SP) à cidade de Boca Raton - na Flórida, é o primeiro dos sete estados do Nordeste nos quais a companhia pretende atuar.

Banda larga + telefonia + TV por assinatura


A Algar também possui atuação no mercado B2C, e as receitas nos pacotes convergentes de banda larga, telefonia fixa e móvel e TV paga totalizaram R$ 287,2 milhões no segundo trimestre. O número foi de 3,4% de queda, influenciado pelas receitas menores em serviços móveis e TV.

O carro-chefe da operadora, nesse caso, são as receitas com banda larga fixa, que cresceram 6% e atingiram R$ 80,1 milhões no segundo trimestre, aumento de 7,7% no número de acessos. Os clientes continuam contratando planos de maior velocidade e ticket médio, o que ajuda a operadora nos resultados financeiros.

LEIA TAMBÉM:

No final do semestre, 52% dos clientes de banda larga da operadora tinham planos de ultra banda larga, como mostra o gráfico abaixo:


Todas as receitas registradas foram:
  • Banda larga fixa: R$ 80,1 milhões (+6%)
  • Voz fixo: R$ 61,5 milhões (-10,6%)
  • Banda larga móvel: R$ 43,7 milhões (+12,6%)
  • Voz móvel: R$ 40,3 milhões (-36,6%)
  • TV por assinatura: R$ 25,1 milhões (-17,5%)
  • Outros serviços: R$ 6,5 milhões (-41,1%)

Em números totais, os clientes de telefonia móvel diminuíram 1,8% em relação a junho de 2017, em razão das desconexões líquidas de clientes pré-pagos. Os clientes pós-pagos apresentaram adição líquida positiva de 40 mil clientes no período, crescendo quase 14%. 

Muito se deve ao lançamento do primeiro plano com internet ilimitada, que fez com que o ARPU ficasse em R$ 20,46, valor 3,7% maior em um ano.

Veja quantos clientes terminaram na Algar Telecom em cada segmento:

  • Banda larga: 457 mil (+7,7% no ano e +1,6% no trimestre)
  • Até 10MB: 222 mil (-7,9% no ano e -1,7% no trimestre)
  • Acima de 10MB: 236 mil (+28,2% no ano e +4,9% no trimestre)
  • Telefonia fixa: 543 mil (+1,1% no ano e +0,4% no trimestre)
  • Telefonia móvel: 1,19 milhões (-1,8% no ano e -0,2% no trimestre)
  • Pós-pago: 331 mil (+13,8% no ano e +5,2% no trimestre)
  • Pré-pago: 868 mil (-3,4% no ano e -3,9% no trimestre)
  • TV por assinatura: 87 mil (-3,4% no ano e -3,9% no trimestre)

Os investimentos da Algar Telecom foram de R$ 134,4 milhões no segundo trimestre do ano, ante R$ 97,6 milhões no mesmo período do ano passado. Em percentual, o aumento foi de 37,6%, voltado para a expansão e modernização de redes.

A margem EBITDA da companhia atingiu 43,1% em telecom e 34,2% no consolidado do trimestre.


5 comentários:

  1. Que isso sirva de exemplo pras demais operadoras.

    ResponderExcluir
  2. Pena que as demais não seguem o mesmo exemplo! Deveriam ter vergonha na cara!

    ResponderExcluir
  3. Alguém sabe dizer se a Algar oferece planos móveis em SP Capital? Pois a única coisa que sei e que ela tem escritórios por aqui, inclusive no prédio onde trabalho, são serviços da Algar Tec.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A Algar não oferece planos móveis na capital paulista; a área de cobertura própria fica no Nordeste Paulista, Batatais, Franca e região.

      Excluir
    2. Valeu por informar, então pelo jeito a ALgar em SP Capital só oferece serviços empresarias, como suporte a T.I e redes.

      Excluir