quinta-feira, 12 de julho de 2018

Algar Telecom oficializa aumento de capital

O que você achou? 
Fundo de Cingapura Archy LLC comprou 25% do capital social da operadora por R$ 1 bilhão.
A Algar Telecom enviou, na última semana, um comunicado oficializando o aumento de capital pelo acionista Archy LLC, um fundo soberano de Cingapura, que passa a ter 25% do capital social da Algar. O anúncio sobre a transação foi feito logo no início do ano, mas somente agora passa a ser efetivo, com a aprovação do Cade e da Anatel.

No total, a compra do fundo de Cingapura será de R$ 1 bilhão, sendo R$ 352 milhões – o mínimo aprovado pelo Conselho de Administração da companhia – pagos através da subscrição de 26.275.551 ações ordinárias, e o restante a ser pago em duas vezes.


Depois desse passo inicial, o investidor comprará mais 48.370.901 ações ordinárias pelo preço total de R$ 648 milhões, sendo uma parcela paga à vista neste ano e o restante a ser pago no terceiro aniversário do fechamento da transação. 

LEIA TAMBÉM:

A empresa Archy LLC ainda poderá nomear dois conselheiros para compor o Conselho de Administração da empresa.

Aos demais acionistas, conforme a Algar publicou, será assegurado o direito de preferência, na proporção de suas respectivas participações, para a subscrição de novas ações de emissão da companhia. Eles poderão participar desse aumento de capital se mantiverem a participação. O valor de compra é de R$ 13,39 por ação.

Durante a reunião de fechamento da transação na Algar, também foi mencionada a aprovação de uma convocação de Assembleia Geral Extraordinária para discutir alguns tópicos. Entre eles estaria a determinação do número de membros para compor o Conselho de Administração, a reforma e consolidação do Estatuto Social da companhia e a formalização do cancelamento da distribuição dos dividendos declarados pela empresa em novembro de 2017, “tendo em vista que seus efeitos estavam condicionados à divulgação do ‘Anúncio de Início da Oferta Pública de Distribuição Primária e Secundária de Ações Ordinárias de Emissão da Algar Telecom S.A.’, que não ocorreu e não ocorrerá”. 


Um comentário: