sexta-feira, 8 de junho de 2018

Claro lança plano especial para Apple Watch

O que você achou? 
Prestadora é a única parceira da marca no país para operar com serviços baseados em eSIM.

A Apple Brasil iniciou nesta sexta-feira (8) a pré-venda dos modelos GPS + Cellular do Apple Watch Series 3, com preços a partir de R$ 3.200.

No Brasil, a única prestadora que conseguirá operar com os novos serviços baseados em eSIM do Apple Watch 3 será a Claro

Para isso, a operadora lançou um plano especial para a funcionalidade independente do relógio: o plano sync.

O eSIM substitui os SIM Cards convencionais, necessários para a habilitação de linhas no celular.

A tecnologia funciona como um SIM Card virtual, podendo ser programado para diferentes operadoras remotamente. 

Esse sistema é considero essencial para o desenvolvimento do mercado de Internet das Coisas por simplificar a portabilidade de aparelhos conectados às redes móveis.

Para colocar a nova tecnologia para funcionar, o desafio da Claro será ajustar os sistemas para que o Apple Watch tenha o mesmo número atribuído ao iPhone.

Também é possível que o Apple Watch funcione como um terminal individual. Assim, o relógio funciona independentemente do telefone, sem a necessidade de estar próximo para estar conectado pela rede bluetooth ou Wi-Fi.

Funcionando como terminal individual, o relógio permanece conectado à rede 4G da Claro, identificado pelo mesmo número do iPhone. Assim, é possível fazer e receber ligações no Apple Watch Series 3, com conexão celular, sem o seu iPhone por perto.

Também é possível acessar aplicativos, como o WhatsApp, comandar a Siri, entre outras funcionalidades.

LEIA TAMBÉM:


Plano Sync


Para acompanhar o relógio, a Claro lançou o plano sync, em alusão ao fato de que o relógio fica ‘sincronizado’ com a conta principal do iPhone do usuário.

Com o Claro sync, o plano do cliente é compartilhado com o dispositivo sincronizado, o que garante maior liberdade e comodidade, principalmente, para a prática de esportes e nos momentos de lazer.

A operadora anunciou que o Claro sync será gratuito nos três primeiros meses. A partir do quarto mês, o plano custará R$ 30 mensais para quem já for assinante de um plano Claro Pós Ilimitado.

Para quem costuma viajar muito ao exterior, a má notícia é que esse plano não funcionará em roaming internacional e não é integrado aos serviços Passaportes Claro (Américas e Europa). 

Ou seja, fora do Brasil o relógio funciona como se não tivesse conectividade celular própria.

Vale lembrar que só funcionarão no Brasil os modelos A1889 (38mm) e A1891 (42mm) do Apple Watch Series 3. Esses são mesmos modelos comercializados pela marca na Europa. 

Quem comprou um nos Estados Unidos não conseguirá ativar a conectividade celular em nosso país.



Nenhum comentário:

Postar um comentário