China Mobile tem interesse em comprar a Oi

Representantes da operadora teriam se reunido com conselheiros da Anatel para discutir investimento no país e a compra da Oi teria sido discutida.

De acordo com informações da Exame, a China Mobile, maior operadora do mundo, estaria interessada em comprar a Oi. A operadora brasileira passa por um momento de instabilidade e encontra dificuldades para acertar sua recuperação financeira teria sido o assunto principal, em uma reunião dos executivos da empresa chinesa com conselheiros da Anatel, onde foram discutidos investimentos no Brasil. 

A China Mobile chegou oficialmente ao Brasil e inaugurou na última sexta-feira, 15, um escritório na cidade de São Paulo. A empresa tem mais de 837 milhões de clientes e possui 19 filiais ao redor do mundo.

Segundo fontes anônima da Exame, a chegada de um novo investidor na Oi seria a melhor solução para a Anatel. Porém, pelo que foi divulgado, os chineses teriam interesse em comprar apenas o segmento mobile da Oi. 

Em reunião, com representantes da China Mobile e do Banco de Desenvolvimento Chinês (CDB, sigla em inglês), no último dia 11, o presidente da Anatel, Juarez Quadros, afirmou que a pauta do encontro era a situação da Oi.

LEIA TAMBÉM:


3
Deixe um comentário

avatar
3 Número de Comentários
0 Número de Respostas
0 Seguidores
 
Comentário mais reagido
Comentário com mais interação
0 Autores de comentários
UnknownViníciusJean Michel Skalee Autores recentes de comentários
  Cadastre-se  
o mais novo mais antigo mais votado
Notificação de
Jean Michel Skalee
Visitante

Seria uma ótima notícia se concretizasse. Falta muito investimento principalmente no 3g/4g.

Vinícius
Visitante

Bobagem. O problema maior da Oi é a rede fixa, que está totalmente sucateada. Os clientes da área Oi estão absolutamente desesperados por banda larga fixa ultra rápida.

Unknown
Visitante

Dos males o menor, antes passar a Oi para chineses do que vendê-la para outras operadoras que já estão no Brasil diminuindo a concorrência.Atualmente na Oi a única coisa que ainda está merecendo elogio é a TV por assinatura no BRI, o resto não vale nada,vamos ver se os chineses levantam essa moribunda pesada.