Oi e FGV serão parceiras em projeto de Internet das Coisas (IoT)

Oi quer ser protagonista em novas tecnologias de Internet das Coisas e fecha parceria com a Fundação Getúlio Vargas para o desenvolvimento de pesquisas.

A operadora Oi e a Fundação Getúlio Vargas (FGV) acertaram uma parceria para realizar estudos sobre IoT (Internet das Coisas) no Brasil. As pesquisas serão realizadas no Centro de Estudos e Tecnologia de Informação Aplicada (GVcia, localizado no campus de Administração de Empresas da FGV em São Paulo.
A empresa vem trabalhando para assumir o protagonismo desse mercado desde o fim do ano passado, quando iniciou o “Laboratório de Internet das Coisas” no Rio de Janeiro, numa parceria com a Nokia.
O objetivo da Oi é criar uma boa base de conhecimento e conseguir elaborar um panorama de iniciativas e tendências relacionadas a IoT para propor medidas que consolidem a utilização da Internet das Coisas no Brasil. A operadora também vai acompanhar novas iniciativas públicas e privadas nesse setor da tecnologia.
Em nota divulgada na última terça-feira (13) a Oi informou que participará de encontros com o Conselho Executivo da GVcia, composto por dez dos principais diretores de informática do Brasil, além de executivos e acadêmicos.
A parceria entre as empresas visa aprofundar as pesquisas sobre IoT no Brasil e apresentar novas soluções de internet para empresas no mercado B2B.
LEIA TAMBÉM:


About Redação Minha Operadora
Um dos principais sites de notícias sobre o setor de telecomunicações do Brasil e do mundo. Mais de 10 mil artigos publicados com cerca de 1 milhão de páginas lidas todos os meses.
Acompanhar esta matéria
Notificação de
0 Comentários
Comentários embutidos
Exibir todos os comentários