quinta-feira, 1 de fevereiro de 2018

Telefónica anuncia nova estrutura organizacional

O que você achou? 
Dona da Vivo fará mudanças para fortalecer liderança digital, mas sem afetar diretamente o Brasil.

A Telefónica anunciou, nesta quarta-feira (31), que vai passar por uma renovação em sua estrutura organizacional. As mudanças incluem a substituição de líderes na Espanha e na América Latina e, nesta última, a divisão em duas unidades. No Brasil tudo permanece igual, ainda com comando do CEO Eduardo Navarro na Vivo.

Para o presidente executivo da empresa, José María Álvarez-Pallete, que assumiu o comando do grupo em 2016, as alterações serão feitas para fortalecer a liderança digital. “O mundo digital exige uma renovação permanente, o que justifica a nova estrutura proposta. As mudanças na estrutura organizacional da Telefónica ajudarão a simplificar a empresa e torná-la mais ágil, com foco definitivo em gerenciamento, atendimento ao cliente, crescimento, eficiência e rentabilidade”, afirmou em comunicado oficial.


Agora, as subsidiárias passam a se reportar ao COO (Chief Operating Officer) Ángel Villá, e a área de RH será comandada por Marta Machicot. As operações da Espanha passam a ter um novo CEO: Emilio Gayo, que substitui Luiz Miguel Gilpérez, e contará com a ajuda da COO María Jesús Almazor.

LEIA TAMBÉM:

Quanto à divisão na América Latina, a Telefónica Hispanoamérica será separada da seguinte forma:

  • Telefónica Hispam Sur: Argentina, Chile, Peru e Uruguai, com direção de Bernardo Quinn
  • Telefónica Hispam Norte: Colômbia, México, América Central, Equador e Venezuela, com direção de Alfonso Gómes Palacio (antigo CEO da unidade colombiana)

Quando a unidade era uma só, o líder era Eduardo Caride. Depois da reestruturação, no entanto, ele pede para deixar a empresa.

Veja como fica a nova estrutura do grupo:




Um comentário: