terça-feira, 23 de janeiro de 2018

Globosat Play registra 36% de aumento de usuários em 2017

O que você achou? 
Consumo de vídeos sob demanda aumentou 248% e, em breve, grupo deve lançar novo aplicativo independente de operadoras, com canais Globo e Globosat.

O Globosat Play, aplicativo acessado exclusivamente por assinantes de operadoras de TV por assinatura (NET, SKY, Claro, Oi, Vivo e Algar), teve um aumento de 36% na base de usuários, segundo informações da Globosat.

O consumo de vídeos sob demanda aumentou 248% em um ano, e as transmissões ao vivo cresceram 4%. O consumo de vídeos no geral, de filmes e programas dos canais SporTV, GloboNews, GNT, Multishow, VIVA, Gloob, Gloobinho, OFF, Megapix, Mais Globosat, Canal Brasil, Universal Channel, Syfy, Studio e BIS, subiu 28%.


Mais assistidos 

Entre os canais mais assistidos do ano, o grande destaque no aplicativo foi o SporTV através de computadores, o GloboNews pelos dispositivos móveis, e o VIVA, acessado nas Smart TVs. O Multishow também se destacou, sendo o 3º mais assistido no computador, o 4º nos móveis e o 2º nas TVs.

Já os programas mais vistos foram os de humor “Lady Night” e o “Vai que Cola”, sendo que o da apresentadora Tatá Werneck dominou com 9 entre os 10 vídeos mais assistidos - o primeiro deles foi também o primeiro episódio, com a participação do jogador Neymar e exibido na plataforma cinco dias antes de ir para a TV.

Também tiveram as novelas “Por Amor”, “Tieta” e “A Gata Comeu”.

Perfil do usuário

Apesar de não informar quantos usuários há no Globosat Play, a empresa informa onde tem mais usuários: em São Paulo, no Rio de Janeiro e em Minas Gerais. Além disso, 63% são homens e 37% são mulheres, com faixa dominante entre 25 e 34 anos de idade.

Novo aplicativo 

Vale lembrar que, para 2018, o grupo pretende lançar um novo aplicativo com conteúdos exclusivos e ainda incluindo programas da Globo e todos os canais Globosat. Ao que tudo indica, o cliente não precisará mais contratar a operadora para ter acesso a essas programações, podendo escolher pagar uma mensalidade à parte para a Globo.

LEIA TAMBÉM:


Nenhum comentário:

Postar um comentário