segunda-feira, 15 de janeiro de 2018

Funcionário de subsidiária da Oi morre após queda de poste

O que você achou? 
Assim como aconteceu no último mês com a mesma empresa Conecta, acidente ocorreu durante a manutenção do equipamento.


Mais um caso envolvendo uma subsidiária da Oi para o Norte e Nordeste acabou em tragédia na última semana. Desta vez, um funcionário da empresa Conecta, que presta serviços para a Oi, morreu enquanto fazia a manutenção de um poste, que tombou. O caso aconteceu no último sábado (13), no bairro Aldeia, em Pacajus, na Região Metropolitana de Fortaleza, e deixou mais duas pessoas feridas.

Este é o segundo grave acidente que envolve a empresa em menos de um mês. Em dezembro, um poste com cabos de telefonia da Oi havia caído na cabeça de uma mulher também enquanto a empresa Conecta fazia a manutenção dos cabos. Felizmente, o quadro de saúde da vítima havia ficado estável.



Desta vez, o acidente causou a morte de José Cassiano de Mesquita Tibúrcio, de 34 anos, que trabalhava normalmente na hora em que o poste quebrou e tombou. Ele caiu e morreu no local, segundo a Polícia Militar de Pacajus.

Os outros dois funcionários envolvidos, Wilton Santos, e Francisco Tiago, de 34 e 33 anos, caíram, mas tiveram apenas escoriações.

Em retorno ao portal Diário do Nordeste, a Oi afirmou que o funcionário, de fato, prestava serviço através da empresa Conecta, que vai aguardar as análises da Perícia para se posicionar. A terceirizada afirmou que precisa analisar o que houve e confirmar se faltou manutenção em algum poste.

A Enel, proprietária do poste que tombou, lamentou o ocorrido e também vai aguardar a análise. “A Enel acrescenta que aguardará o trabalho da Perícia sobre a queda de postes da distribuidora provocado pela equipe da empresa de telecomunicações”, informou em nota.

LEIA TAMBÉM:


Um comentário: