quarta-feira, 17 de janeiro de 2018

Com rede da TIM, America NET lançará MVNO neste semestre

O que você achou? 
Além da America NET, que afirma ter superado metas de crescimento, mais uma operadora móvel virtual será lançada em 2018, mas com rede da Claro.

Assim como era esperado conforme seu crescimento, a America NET confirmou, nesta terça-feira (16), que lançará a sua MVNO (operadora móvel virtual, na tradução) neste 1º semestre de 2018. Ainda com foco em clientes corporativos, a operadora utilizará a rede da TIM para oferecer serviços pós-pago com cobertura nacional.

Segundo o vice-presidente da empresa, José Luiz Pelosini, a empresa teve um aumento de receita de 42% em 2017 e espera que o mesmo número, que superou as metas, se repita neste ano. Muito do crescimento se deu à ampliação da rede de fibra óptica, que teve investimento de R$ 40 milhões, e a chegada em cidades como Itaquaquecetuba, em São Paulo.


Com a novidade, a operadora promete tarifas competitivas no mercado e alguns benefícios para quem precisa viajar para fora do Brasil. 

Quanto aos seus serviços de banda larga, também serão atualizados tanto para o setor corporativo, quanto para a rede de varejo, que está em seu portfólio desde 2016 e hoje alcança grandes contas, incluindo 170 novos contratos com shoppings. Soluções de backup em 4G e Wi-Fi corporativo devem ser oferecidas em breve.

E em relação ao programa “Cidade Linda”, da prefeitura de São Paulo, além de ter enterrado 70 km de fiação em 2017, entre Osasco e Barueri, a previsão é de enterrar mais 87 km até o final de 2018. O investimento será de R$ 11,5 milhões.

T-SYSTEMS com rede da Claro

Outra operadora móvel virtual que vai surgir em 2018 é a da T-Systems, subsidiária local da operadora alemã Deutsche Telekom. O serviço baseado em telefonia móvel no Brasil terá foco na internet das coisas (IoT) e, neste caso, usará a rede da Claro para funcionar. Por enquanto, nenhum detalhe sobre as negociações com a Embratel foram divulgadas.

“Toda grande companhia precisa de conectividade para os aplicativos IoT que estão procurando implementar. Certamente nossa parceria com a Embratel vai permitir à T-Systems Brasil e ao Grupo Deutsche Telekom trazer serviços inovadores para o mercado brasileiro”, afirmou Ideval Munhoz, presidente da T-Systems Brasil.


Nenhum comentário:

Postar um comentário