segunda-feira, 1 de janeiro de 2018

As operadoras que foram micos e destaques do mês em 2017

O que você achou? 
Veja como terminou cada operadora e cada setor de telecom no ano, com quantidade de clientes e destaques e micos mês a mês.
Quem acompanha o Minha Operadora sabe que, todos os meses, divulgamos qual operadora mais e menos se destacou em cada mês, de acordo com dados enviados pela Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel). É o que chamamos de "Mico" e "Destaque" do mês.

Como cada operadora tem uma base de clientes diferente, apontamos os micos e destaques do mês de acordo com o crescimento percentual de cada operadora em relação ao mês anterior. E você sabe quais operadoras mais ganharam esses títulos nos meses de 2017 em cada segmento de telecom? Veja abaixo!





CELULAR


Conforme é possível ver na tabela ao lado – que vai até outubro por ser o último levantamento divulgado pela Anatel –, a TIM foi o mico do mês no setor de telefonia móvel 7 vezes em 10 meses. O número foi negativo porque, apesar das adições, a operadora chegava a desabilitar até 600 mil linhas por mês em comparação com os meses anteriores.

Somente quem ficou como mico em seu lugar foi a Nextel em março e maio, quando sofreu o maior impacto de perda, e a Algar Telecom em agosto, mês que a TIM ganhou 118 mil novos clientes. 

Já como destaque a Vivo e a Nextel apareceram empatadas, quatro vezes no ano. A Vivo em janeiro, maio, junho e julho; e a Nextel em fevereiro, abril, agosto e setembro. Em março, a Oi foi líder em aumento percentual de clientes, quando ganhou cerca de 50 mil linhas em sua base. 

A Claro apareceu como o destaque do mês pela primeira vez em outubro, quando houve o último dado divulgado neste ano. Vale lembrar que foi em agosto de 2017 que a operadora conseguiu ultrapassar a TIM e voltou para a vice-liderança como a segunda maior operadora de celular do Brasil. 

E como terminou o setor de telefonia celular em outubro? Veja o ranking: 
  1. Vivo: 74.648.744 clientes 
  2. Claro: 60.501.743 clientes 
  3. TIM: 58.972.931 clientes 
  4. Oi: 41.942.836 clientes 
  5. Nextel: 2.617.026 clientes 
  6. Algar Telecom: 1.317.491 clientes 
SETOR: 240.850.681 linhas ativas (-2,67% em relação ao último ano) 
(dados de outubro/2017)

BANDA LARGA 

O setor de banda larga teve vencedores claros de destaque e mico no ano. A TIM, através do TIM Live, se destacou em crescimento percentual mensal 6 vezes até setembro de 2017. Apesar de ter a maior base de assinantes, a NET somente se destacou em janeiro, e a SKY duas vezes: em março (+5,3%) e abril (+3,5%).

O mico do mês foi da Vivo pelos dois primeiros meses do ano, da NET em abril e, nos meses que sobraram, o Oi Velox foi o que mais perdeu proporcionalmente a sua base no mês a mês. Também foram 6 vezes – em um total de 9 –, que a Oi teve o pior desempenho no setor, apesar de ter a terceira maior base em banda larga no Brasil. 

Com exceção dos meses de agosto e setembro, a verdade é que, em números totais de assinantes, as operadoras ficaram, no geral, positivas quando o assunto era a banda larga. Veja o ranking de cada operadora em banda larga: 
  1. NET Virtua: 8.763.821 assinantes 
  2. Vivo Fibra: 7.610.764 assinantes 
  3. Oi Velox: 6.374.138 assinantes 
  4. Algar Telecom: 531.464 assinantes 
  5. TIM Live: 395.179 assinantes 
  6. SKY Banda Larga: 365.126 assinantes 
SETOR: 28.167.860 assinaturas ativas (+0,40% em relação ao último ano) 
(dados de setembro/2017)

TV POR ASSINATURA 

Em relação aos dados de TV por assinatura em 2017, a Oi TV foi a operadora que mais se destacou em janeiro, fevereiro, abril e maio, mesmo período em que a NET/Claro representou o mico, com os piores resultados em perda de clientes. Em março, a Vivo TV protagonizou o mico do mês e a SKY o grande destaque. 

Acontece que, depois de maio, a Anatel deixou de atualizar os dados de TV por assinatura, e a verdade é que ninguém sabe ao certo, hoje, como está o setor. A justificativa da agência para o atraso nos relatórios é que o serviço foi suspenso para ajustes e melhorias em procedimentos internos. 

Enquanto os dados de celular foram divulgados por 10 meses e o de banda larga por 9 meses seguidos, os de TV por assinatura só tiveram 5. Os relatórios pararam de ser atualizados justamente na época em que as emissoras representadas pela Simba Content – que reúne SBT, Record e RedeTV! – deixaram as operadoras de TV paga. 

Vale lembrar que os dados estão desatualizados, mas segue o último ranking divulgado:
  1. NET/Claro: 9.511.209 assinantes 
  2. SKY: 5.508.475 assinantes 
  3. Vivo TV: 1.652.158 assinantes 
  4. Oi TV: 1.390.449 assinantes 
SETOR: 18.642.533 assinaturas ativas (-0,73% em relação ao último ano) 
(dados de maio/2017)

LEIA TAMBÉM: 


Nenhum comentário:

Postar um comentário