sexta-feira, 22 de dezembro de 2017

Sercomtel tem R$ 443 mil de prejuízo com furto de cabos em 2017

O que você achou? 
Somente em dezembro, 58 casos foram registrados, número três vezes maior do que a média, que seriam 19 furtos por mês.

A Sercomtel, operadora com sede em Londrina, no Paraná, volta a passar estatísticas sobre o furto de seus cabos de telefonia. Surpreendentemente, o mês de dezembro soma 25% dos casos de furtos em todo o ano de 2017. E o que é pior? Dezembro ainda nem acabou.

De 1º de dezembro até a última quarta-feira (20), a área técnica da operadora registrou 58 ações de bandidos, que representaram um prejuízo de R$ 73.807. O número é três vezes maior do que a média mensal deste ano, que seria de 19 casos por mês.



Até o levantamento da operadora, divulgado nesta semana, o valor total do prejuízo no ano com esse tipo de ocorrência foi de R$ 443 mil. Quando um furto desses acontece, a empresa gasta na compra do material e com a mão de obra, fora o ressarcimento aos clientes quando a internet é prejudicada com a ação.

Desde setembro, a Sercomtel tem investido na instalação de braçadeiras de aço para evitar o furto de seus cabos em Londrina. Cerca de mil braçadeiras foram instaladas, mas apenas nos locais em que houve mais ações dos bandidos. Até 20 de dezembro, mais de 200 boletins de ocorrência foram registrados na cidade.

LEIA TAMBÉM:


Nenhum comentário:

Postar um comentário