segunda-feira, 11 de dezembro de 2017

Provedores de internet podem ter que ampliar canais de atendimento

O que você achou? 
Projeto de lei visa diminuir o número de reclamações das prestadoras de serviço.

Nesta semana, a Comissão de Transparência, Governança, Fiscalização e Controle e Defesa do Consumidor (CTFC) do Senado Federal deve começar a analisar o projeto de lei 481/2017 que obriga os provedores de internet a oferecerem mais canais de atendimento ao consumidor. 

A principal justificativa da proposta é o alto número de reclamações ao atendimento dos provedores, que segundo os dados costumam ter um único canal de atendimento ao cliente em seu próprio site. Os consumidores relatam que encontram dificuldades para tirar dúvidas, solicitar assistência técnica ou reclamar algum erro de fatura. 


O projeto é de autoria do senador Waldemir Moka (PMDB-MS) . O senador Dalírio Berger (PSDB-SC) afirmou que a internet passou a ter uma importância antes impensável na comunicação atual e é essencial no dia a dia da sociedade. 

Berger também destacou que a intenção com o projeto é diminuir o número de reclamações a empresas do setor, como os provedores de internet. Para o senador, falta acessibilidade e suporte para atender as demandas cada vez mais crescentes do setor. 

LEIA TAMBÉM:


Nenhum comentário:

Postar um comentário