segunda-feira, 4 de dezembro de 2017

Primeira mensagem SMS enviada no mundo comemora 25 anos

O que você achou? 
Seria mesmo uma comemoração ou é o fim do SMS? Veja as curiosidades por trás da data.


Você sabia que a primeira mensagem SMS foi enviada há exatos 25 anos atrás, completados neste domingo (3)? E olha só que deselegância... Sabia que, até hoje, ela não foi respondida?

Foi em 3 de dezembro de 1992 que o engenheiro Neil Papworth instalou o sistema de Short Messaging Service (SMS) para a empresa Vodafone, no Reino Unido. A primeira mensagem, apesar de ser direcionada para um celular, foi enviada como teste a partir de um computador, uma vez que os celulares da época não tinham teclados.


É por isso que seu amigo, Richard Jarvis, nunca respondeu o SMS, com texto que lhe desejava “Feliz Natal”. É o famoso “visualizou, mas não respondeu”, hoje inadmissível para muitos com o surgimento do WhatsApp.

Apesar de hoje parecer um recurso de uso escasso, o SMS revolucionou a forma como as pessoas passaram a se comunicar com o celular. A princípio, a Vodafone queria substituir os pagers, mas fez um lançamento que viraria uma tendência no século 21, com a chegada dos smartphones.

De 2006 para 2007, o número de SMS enviados por mês nos Estados Unidos foi de 12,5 bilhões para 45 bilhões. O auge, em 2012 segundo a BBC, fez 20 bilhões de mensagens serem enviadas por dia no mundo.


AGORA, O REI WHATSAPP 

Agora quem transforma a comunicação mundial diariamente é o WhatsApp, assim como outros aplicativos de mensagens instantâneas, como o Facebook Messenger e o Telegram (em menor escala). Seu uso é tão indispensável que as operadoras de celular costumam oferecer acesso gratuito ao aplicativo, sem descontar nada da franquia de internet.

Do outro lado ainda estão os SMS, que, apesar de serem liberados na maioria dos planos, não são sempre ilimitados. A verdade é que a grande maioria prioriza, de fato, o uso da internet no celular e não mais as linhas telefônicas, principalmente para o envio de mensagens.

As operadoras ainda enviam vários SMS para os consumidores, mas muitos nem chegam a abrir o conteúdo da mensagem. Ainda há serviços úteis, como o recém-lançado alerta de desastres naturais por SMS criado pela Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), mas a troca, de fato, de mensagens, foi quase que extinta.

Você até pode enviar um SMS de vez em quando, mas se acontecer como na última semana, quando o WhatsApp saiu do ar. Ou se você tiver esgotado a franquia de internet móvel e precisar desesperadamente contatar alguém. Caso contrário, é bem certo que o aniversário do SMS não tem muito mais o que comemorar.

EVOLUÇÃO DO SMS?

Recentemente, o Minha Operadora divulgou mais informações sobre o RCS (Serviço de Comunicações Ricas), que pretende ser uma evolução do SMS, com funções extras nas mensagens de textos, como imagens e vídeos. A expectativa é que o serviço compita com os aplicativos de mensagens atuais e seja um investimento de cerca de 60% das operadoras. Resta esperar, já que, por enquanto, nenhuma divulgou nada oficial sobre o serviço.

LEIA TAMBÉM:


Nenhum comentário:

Postar um comentário