quarta-feira, 6 de dezembro de 2017

Levar o 5G para áreas remotas é essencial para o agronegócio

O que você achou? 
Representantes do governo e da indústria conversaram sobre as oportunidades que podem ser geradas pela tecnologia.

Nesta terça-feira, 5, durante o painel "Cenário 5G para áreas remotas: importância e desafios", no ICT Week, em Brasília, representantes do governo e da indústria afirmaram que o uso das redes de quinta geração serão essenciais para aumentar a produtividade do agronegócio e ampliar políticas sociais para a população rural. 

O professor do Inatel (Instituto Nacional de Telecomunicações), José Brito, afirmou que a agricultura é muito importante para o país e pode ser beneficiar muito com a implementação do 5G, usando principalmente soluções de Internet das Coisas.


Brito também destacou que a tecnologia deve promover a inclusão digital no Brasil e ajudar a levar educação e saúde de qualidade para áreas mais distantes dos grandes centros urbanos. Para Fabrício Lira, integrante do CPqD (Centro de Pesquisa e Desenvolvimento em Telecomunicações), um dos principais desafios para implementar o 5G no país é o custo de infraestrutura e manutenção. 

O gerente de espectro, órbita e radiodifusão da Anatel, Agostinho Linhares, explicou que a agência vem trabalhando em regulamentações para que o 5G seja uso de forma eficiente. O diretor de Relações Institucionais da TIM, Leandro Guerra, destacou que a implantação do 5G enfrentará desafios de conectividade e cobertura. O executivo também enfatizou que as políticas públicas devem incentivar o retorno dos investimentos das empresas. 



Nenhum comentário:

Postar um comentário