quinta-feira, 23 de novembro de 2017

Propagandas de banda larga no Reino Unido deverão ser mais claras

O que você achou? 
Nova regra obriga operadoras britânicas a serem mais específicas nos anúncios de pacotes de banda larga.

Nesta semana, a ASA (Advertising Standards Authority), entidade que fiscaliza o mercado de publicidade no Reino Unido, determinou que os anúncios de pacotes de banda larga sejam mais precisos, a partir de 2018. 

A nova regra obriga as operadoras e provedores de internet britânicos a serem mais específicos nas propagandas, principalmente em relação a velocidade de internet que está sendo oferecida. As empresas devem se adaptar ao novo sistema até o dia 23 de março de 2018, dia em que a nova determinação entra em vigor. 




Pela dificuldade em suprir às demandas, a ASA destaca que as operadoras devem indicar aos consumidores, a velocidade média diária de download.e também a velocidade de internet disponível para clientes em horários de pico. 

Entre outros pontos, pelo menos 50% dos usuários devem ter acesso à velocidade de download contratada em horários de pico e um indicador deve mostrar aos clientes, a média de velocidade da internet. Pelas regras atuais do país, as empresas tinham obrigação de entregar a velocidade contratada para apenas 10% dos clientes. 

*Com informações de Adrenaline UOL.

LEIA TAMBÉM:


Nenhum comentário:

Postar um comentário