segunda-feira, 6 de novembro de 2017

Presidente da Cemig Telecom deixa o cargo

O que você achou? 
Executivo renunciou ao cargo por não aceitar a privatização da empresa. 

Na última semana, o executivo Aloísio Vasconcelos renunciou ao cargo de presidente da Cemig Telecom, que ocupava desde o início de 2015. De acordo com o portal O Tempo, Vasconcelos deixou a função por não concordar com a iminente privatização da empresa

As mudanças propostas pelo governo de Minas Gerais visam a diminuição de custos. Porém, a privatização pode provocar a demissão de vários servidores da companhia, o que geraria uma crise interna na empresa. 

Segundo informações, Aloísio Vasconcelos não aceitava a ideia do governo, por considerar a empresa rentável e autossustentável. O executivo garantiu que deixa o cargo de  "cabeça erguida" e valoriza sua história dentro da Cemig Telecom, aonde também já ocupou outros cargos. 

Vasconcelos ainda ressaltou que a companhia vem acumulando bons resultados desde 2015, com a triplicação de seu faturamento, o aumento da base de clientes e o início de sua atuação no mercado internacional. 

Com a saída do executivo, o novo presidente da Cemig Telecom passa a ser Fernando Augusto de Campos, ex-superintendente de Expansão de Geração e Transmissão da empresa. Com informações do portal O Tempo. 

LEIA TAMBÉM:


Nenhum comentário:

Postar um comentário