quarta-feira, 29 de novembro de 2017

Pesquisa aponta queda de 20% nos preços de planos pós-pago em SP

O que você achou? 
Estudo feito pelo site Melhor Escolha constatou a baixa de preço entre janeiro e novembro deste ano.

Nesta quarta-feira, 29, o site Melhor Escolha, que trabalha com a comparação de planos, divulgou uma pesquisa que comprova a queda de 20% nos preços de planos pós-pagos em São Paulo, entre janeiro e novembro deste ano. 

A plataforma avalia valores de planos de TV por assinatura, telefonia fixa e móvel e banda larga fixa. Em 2017, as linhas pós-pagas cresceram cerca de 10%, enquanto as linhas pré-pagas caíram 11%, entre janeiro e setembro, de acordo com dados da Anatel. 


Confira as comparações dos preços entre os planos de seis das principais operadoras do país:



  • Janeiro 2017: Vivo 4GB + 150 Minutos locais R$139,99
  • Novembro 2017: Vivo 4GB + ilimitado local R$99,99
TIM (queda de mais de 20%)

  • Janeiro 2017: TIM 5GB + 1.000 minutos R$125,00
  • Nov 2017: TIM 5GB + ilimitado R$99,99
CLARO (queda de quase 60%)

  • Jan 2017: Claro 5GB + 500 minutos R$169,99
  • Nov 2017: Claro 5GB + ilimitado R$99,99
NEXTEL (queda de 38%)

  • Jan 2017: Nextel 5GB+ 2.500 minutos R$159,99
  • Nov 2017: Nextel 5GB + ilimitado R$99,99
OI (manutenção de preço, com oferta de bônus)
  • Jan 2017: Oi 5GB + 1.000 minutos R$99,90
  • Nov 2017: Oi 6GB (3GB + 3GB de bônus) + ilimitado R$99,90
PORTO SEGURO CONECTA (manutenção de preço)
  • Jan 2017: Porto Seguro Conecta 5GB + ilimitado R$129,90
  • Nov 2017: Porto Seguro Conecta 5GB + ilimitado R$129,90

Jonas Justo, CEO do Melhor Escolha, destacou que os consumidores que contrataram um plano pós-pago há mais de seis meses, provavelmente estão pagando mais do que deveriam. 

Para Justo, os planos com minutos ilimitados foram impulsionados pela oferta da Porto Seguro Conecta, primeira operadora a oferecer o benefício com um preço mais acessível. A oferta de ligações ilimitadas no pós-pago virou uma tendência em 2017, segundo o executivo. 

LEIA TAMBÉM:


Nenhum comentário:

Postar um comentário