quarta-feira, 8 de novembro de 2017

Operadoras são notificadas por má qualidade de serviços em Goiânia

O que você achou? 
Claro, TIM, Vivo e Oi foram autuadas por promotora e podem ter de pagar indenizações por má qualidade na prestação de serviços.

Nesta terça-feira, 7, a promotora de justiça de Goiânia, em Goiás, Maria Cristina de Miranda, autuou as quatro principais operadoras do país, TIM, Vivo, Claro e Oi, por conta da má qualidade dos serviços prestados nos últimos cinco anos.

As ações contra as operadoras têm o objetivo de punir as operadoras pela má qualidade dos serviços e por cobranças abusivas. A promotora afirma que as empresas não tem respeitado as determinações dos contratos de concessão firmados com a Anatel e nem normas estaduais e da Lei Geral de Telecomunicações (LGT).


As reclamações consistem em dados de reclamações recebidas pela agência reguladora, por entidades de defesa do consumidor do estado e pelo site Reclame Aqui. A advogada afirma que os consumidores devem ser ressarcidos por danos morais e materiais causados pela péssima prestação de serviços.

Os processos pedem uma indenização de R$ 5 milhões para a Claro, R$ 2 milhões para a Vivo e R$ 1 milhão para TIM e também para a Oi. Os valores seriam repassados para o Fundo Municipal do Consumidor da cidade de Goiânia. Com informações do portal DM.

LEIA TAMBÉM:


Um comentário:

  1. Sinal da Claro em Goiânia... ruim! As vezes nem se consegue fazer chamadas, quanto mais usar internet.

    ResponderExcluir