segunda-feira, 27 de novembro de 2017

Anatel quer melhorar análise dos serviços das operadoras

O que você achou? 
Agência abre consulta pública para que você possa opinar quanto ao novo modelo de medição da qualidade de banda larga, telefonia e TV por assinatura.


Depois de participar de um workshop sobre a qualidade do serviço de telecomunicações, a Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) discutiu, na última sexta-feira (24), durante a quarta reunião do CDUST em 2017, qual seria o melhor modelo de medição da qualidade dos serviços de telecomunicações para os consumidores.

Banda larga, telefonia fixa, telefonia móvel e TV por assinatura: todos os serviços devem ser analisados com cautela pela agência, que lançou uma consulta pública para adequar a necessidade dos consumidores com o novo regulamento de qualidade. Qualquer um pode contribuir com opiniões através deste link até o dia 8 de janeiro de 2018.


Para o gerente de Controle de Obrigações de Qualidade da Anatel, Gustavo Santana Borges, o novo modelo de medição quer melhorar a comunicação com o consumidor em relação aos indicadores de qualidade. Além disso, também deve uniformizar os indicadores de diferentes serviços.

Outra iniciativa apresentada ao conselho dos consumidores é o piloto de fiscalização dos Serviços de Valor Adicionado, o SVA. Em outras palavras, aqueles serviços de notícias por SMS, música, toques para o celular, entre tantos outros que o consumidor raramente quer contratar, mas recebe cobranças indevidas relacionadas.

LEIA TAMBÉM:


Nenhum comentário:

Postar um comentário