quinta-feira, 12 de outubro de 2017

Você conhece o serviço de atendimento médico da Oi?

O que você achou? 
“Conexão Saúde” oferece aconselhamento de enfermeiros 24 horas por dia, com acompanhamento individual, dicas e descontos em farmácias.

Parece que as operadoras querem cada vez mais oferecer serviços adicionais aos clientes, mesmo que pouco tenha a ver com telefonia. A TIM, com aplicativo para malhar, a Vivo, com aplicativo para meditar, e por aí vai. Muitos não sabem, mas a Oi oferece um serviço de saúde, que garante aconselhamento médico com atendimento de enfermeiros 24 horas por dia.

O “Conexão Saúde” tem planos diferenciados de acordo com o perfil do cliente (ou seria paciente?). Atualmente, há o plano básico, de R$ 7,99 por mês, e o especializado, de R$ 11,99. O terceiro plano, que se chama “Alerta Diabetes”, ainda está marcado que será lançado em breve, com o diferencial de oferecer um aplicativo para controle da glicemia.

O que muda do básico para o especializado é o acompanhamento individual, onde o usuário recebe uma ligação mensal para orientações gerais de saúde ou, no caso do plano para diabéticos (que ainda não está lançado), garantiria uma ligação sempre que houvesse uma alteração no índice glicêmico. Para contratar, o cliente pode pagar em débito, crédito ou através da conta “Oi Fixo”, com exceção do estado de São Paulo.

De restante, os serviços incluídos nos dois planos oferecem o atendimento diário (por voz ou mensagem de texto) com enfermeiros para tirar dúvidas, descontos em 9 mil farmácias do Brasil, dicas de saúde enviadas semanalmente por e-mail e registro pessoal de saúde com histórico de atendimento. No caso do pacote mais caro, o conteúdo pode ser especializado, ou seja, contratado por quem tem bebês, por gestantes, idosos, diabéticos ou pessoas com problemas de hipertensão, que recebem dicas mais personalizadas.

Mas não se engane. O serviço da Oi não cobre nenhum tipo de diagnóstico, receita de medicamento, atendimento de emergência, interpretação de exames ou consulta médica. Nesses casos, é melhor sair do celular e ir direto para o hospital!

LEIA TAMBÉM:


Nenhum comentário:

Postar um comentário