sexta-feira, 6 de outubro de 2017

Para Fenattel, Vivo desrespeita os trabalhadores

O que você achou? 
Federação que defende os direitos de funcionários de telecom não entra em acordo com a Vivo, que teria bons resultados e deveria aumentar salários.


Assim como fez com a TIM no último mês, a Fenattel (Federação Nacional dos Trabalhadores em Empresas de Telecomunicações e Operadores de Mesas Telefônicas) criticou, nesta sexta-feira (6), a atitude da Vivo de congelar o aumento de salários e benefícios de seus funcionários.

De acordo com a Federação, que destaca que as operadoras de telecom lucram bilhões e devem pagar os colaboradores junto com o crescimento da empresa, a comissão se reuniu com representantes da Vivo na quinta-feira (5), mas nenhuma novidade foi apresentada.

Ao contrário do que foi pedido, a Vivo não propôs nenhum reajuste salarial ou de benefícios, apenas com abono de 25%. “Mais uma vez a empresa está enrolando”, disse, em comunicado, a Fenattel. 

Para a Federação, o fato de a Vivo ter apresentado bons resultados econômicos em seu último relatório, com lucro de quase R$ 1 bilhão, sugere que o aumento de benefícios aos funcionários da base deveria acontecer, e que, enquanto não ocorre, trata-se de “um verdadeiro desrespeito com os trabalhadores”.

Como nada foi definido “na paz” e a comissão pediu, em contra-proposta, a aplicação do INPC (1,73%) + 3% de aumento real e contemplação de outros itens em pauta de reivindicações, haverá uma nova reunião, que deve acontecer entre os dias 25 e 27 de outubro.

LEIA TAMBÉM:


Nenhum comentário:

Postar um comentário