sexta-feira, 13 de outubro de 2017

Dia das Crianças: Relembre comerciais de operadoras com atores mirins

O que você achou? 
Polêmicas com comerciais da Claro, os trigêmeos do DDD, os famosos “oi” no fim dos comerciais da Oi, você lembra?

Esta quinta-feira (12) marcou mais um Dia das Crianças no Brasil, e, para não deixar a data passar em branco, o Minha Operadora decidiu reunir alguns comerciais que as operadoras fizeram com crianças. Ao longo dos anos, teve um pouco de tudo: comercial engraçado, reflexivo, polêmico e até vetado pelo Conar (Conselho Nacional de Autorregulamentação Publicitária).

Leia mais sobre eles e assista para relembrar!

Trigêmeos do DDD

E tem como falar em comerciais com crianças e não falar dos trigêmeos do DDD? No final dos anos 90, eles foram um verdadeiro sucesso de publicidade para a Embratel, que vestia três meninos com macacões que estampavam o “DDD” no incentivo da utilização do código 21 nas chamadas de longa distância. Em junho deste ano, a operadora anunciou que eles estariam de volta.

No passado, o famoso “Oi”

Se a pergunta for que operadora mais utilizou crianças em seus comerciais, a resposta certamente será Oi. A operadora, ao final de todos os seus vídeos, tinha os pequenos marcando presença na tela dizendo “oi”.

Com o passar do tempo, porém, a operadora passou a utilizar menos os rostinhos fofos e mais as celebridades, como José Loreto e Malvino Salvador, Marcelo Tas e Whindersson Nunes

De toda forma, separamos abaixo um comercial antigo com tom mais cômico feito pela Oi com um bebê, os famosos autores dos “oi” presentes nas campanhas de 2004 a 2010, reunidos em um comercial de 2013, e uma campanha de Natal com crianças.

No presente, “Viva Tudo” 

Em 2017, mesmo, a operadora que mais parece estar investindo nos comerciais que tenham a presença de crianças é a Vivo. Seja com aquele em que a menina mostra que não quer ficar só no balé, mas também no Kung Fu e nas “novas descobertas”, ou outro em que a filha se maquia com o pai para “viver mais as novas brincadeiras” – ao ar na TV até hoje –, a ideia é quebrar preconceitos e incentivar os clientes a viverem mais, com a campanha “Viva Tudo”. 

Polêmicas com a Claro

A Claro também já teve vários atores mirins para representarem suas ofertas. Por outro lado, também foi alvo de inúmeras críticas. Em 2012, lançou uma série de comerciais que, para alguns telespectadores, soava como “abuso de imagem”, incentivando o consumismo e namoro precoces.

Foi o caso do comercial em que meninas conversavam sobre um namoradinho que ligava muito pela oferta dos “6 centavos o minuto”, ou de um casal de crianças discutindo porque um não teria ligado para o outro.

No entanto, para outros, tratava-se somente de uma abordagem “fofinha”. Abaixo, você pode assistir a esses dois e também a um de 2008, de uma menina que “compartilhava sorrisos”, assim como a Claro compartilhava a mensalidade dos planos, na época.

E para finalizar, vale lembrar de um comercial de 2014 envolvendo a operadora, que recebeu inúmeras queixas de consumidores e chegou a ser vetado pelo Conar. Tratava-se de um comercial que divulgava a Claro HDTV, com uma animação que, de acordo com os pais, não era nada educativa e tinha o propósito de forçar o consumo também para as crianças.

Na letra personalizada da música, sugeria que as crianças quisessem ficar no sofá ao invés de brincar. Para a Claro, as denúncias eram exageradas e o comercial apelava apenas para o bom humor.

Quer rever esses comerciais? Veja abaixo!


LEIA TAMBÉM:


Nenhum comentário:

Postar um comentário