quarta-feira, 25 de outubro de 2017

Claro diminui receita, mas aumenta EBITDA no 3º trimestre

O que você achou? 
Grupo que reúne Claro, NET e Embratel destaca market share de 28% em celular, 31% em banda larga e 51% em TV por assinatura no Brasil.



A Claro Telecom Participações S.A., que engloba as marcas Claro, NET e Embratel, foi a primeira a divulgar, nesta terça-feira (24), os resultados financeiros referentes ao 3º trimestre de 2017. Mais uma vez, a receita líquida da operadora registrou queda, ficando em R$ 8,87 bilhões, diminuição de 1,7% e quase R$ 153 milhões em relação ao ano passado. Por outro lado, a margem EBITDA (lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização) aumentou 5,7%, chegando a R$ 2,66 bilhões.

A justificativa para a perda seria a redução na receita de aparelhos de interconexão, enquanto o resultado positivo no EBITDA é explicado pelo “processo contínuo de otimização dos custos operacionais”. Em relação ao desempenho operacional, a Claro Brasil diz ter mostrado resultados positivos em todos os mercados, sendo eles:


Celular

A Claro destaca, para o 3º trimestre do ano, seu crescimento anual de 11,9% no segmento pós-pago. Considerando linhas de serviços de voz e dados, o crescimento da operadora foi de 15,9%. 

Em relação à internet móvel, o período marcou 57,1 milhões de acessos da Claro, o que representa 27,9% do total do mercado brasileiro. Também em seu resultado financeiro, a operadora aproveita para destacar seu “agressivo plano de investimento em modernização e ampliação da cobertura”, que inclui a cobertura 4.5G nas principais capitais do Brasil até o fim do ano. Com a tecnologia, a velocidade fica 10 vezes mais rápida do que no 4G convencional.

Banda Larga

O crescimento em banda larga fixa foi destacado pelos 8,9 milhões de clientes da operadora, o que marca 31,2% de market share. No segmento de “ultrabroadband” (ultra banda larga), em que representa 46,9% de market share, a operadora diz ultrapassar a marca de 1,7 milhão de conexões com velocidades acima de 34 Mbps.

TV por assinatura 

Com a NET, além da Claro TV, o grupo continua líder na TV por assinatura, com 51% de market share no Brasil. O serviço NOW, plataforma on-demand da operadora, atingiu mais de 1 bilhão de streamings nos últimos 12 meses.

Telefonia fixa

Apesar de não destacar os números de telefonia fixa, a Claro diz que, seguindo a mesma estratégia dos planos no segmento móvel, também passou a oferecer planos de telefonia fixa com ligações ilimitadas para qualquer operadora fixa ou móvel, seja através do NET Fone ou Claro Fone.

Corporativo

Sobre o mercado corporativo, tudo o que o grupo diz é que a Embratel lidera a oferta de serviços tradicionais de telecom e também está se preparando para novas oportunidades de negócio ligadas a transformações digitais nas empresas, com as soluções integradas de telecom e TI, os serviços em nuvem e a famosa internet das coisas (IoT).

LEIA TAMBÉM:


Nenhum comentário:

Postar um comentário