terça-feira, 17 de outubro de 2017

Chineses devem apoiar plano de recuperação judicial da Oi

O que você achou? 
Banco de Desenvolvimento Chinês, um dos maiores credores da Oi, deve assinar acordo aceitando o novo plano de recuperação judicial da operadora. 

Segundo informações do Bloomberg, o Banco de Desenvolvimento Chinês (CDB, sigla em inglês) deve assinar nesta terça-feira, 17, um termo que formaliza a aceitação do novo plano de recuperação judicial da Oi. 

O banco chinês vem tentando reaver uma dívida de US$ 1,2 bilhão emprestados através de um financiamento a Oi, seis meses antes da companhia entrar com o pedido de recuperação judicial. Os chineses foram responsáveis por travar o Programa de Acordo com Credores da operadora na justiça, o que atrasou o acordo da empresa com pequenos credores. 

O apoio do banco é um alívio para os executivos da Oi, já que a nova versão do plano de recuperação judicial foi rejeitada pelos dois maiores grupos de credores da operadora. A dívida da companhia com a Anatel também não está perto de uma solução, o que vem aumentando a pressão do governo sob a pressão, com expectativa de intervenção. 

A Oi não comentou o assunto. A Assembleia Geral de Credores da operadora está marcada para a próxima segunda-feira, 23, no Rio de Janeiro.

LEIA TAMBÉM:


Um comentário: