quinta-feira, 19 de outubro de 2017

Bancos públicos pedem adiamento da Assembleia de Credores da Oi

O que você achou? 
O encontro está marcado para a próxima segunda-feira, 23. Anteriormente, a Oi pediu e conseguiu o adiamento da assembleia, remarcada para a data atual. 

Nesta quinta-feira, 19, o Banco do Brasil, a Caixa Econômica Federal e o BNDES entraram com pedido de adiamento da Assembleia Geral de Credores da Oi na Justiça do Rio. O encontro está marcado para a próxima segunda-feira, 23. 

Segundo o Jornal O Globo, apesar de não comentar o fato, a Oi já teria tudo organizado para a assembleia, inclusive tendo feito um ensaio para o evento que acontece no início da próxima semana. 
No entanto, a situação da Oi está longe de ser resolvida. Por conta de um atraso para apresentar a nova versão do plano de recuperação judicial, a operadora pediu à Justiça que assembleia fosse adiada. A princípio, o encontro era para ter sido realizado no último dia 9, mas foi adiado. 

Apesar do adiamento, o resultado da nova versão do plano de recuperação não é favorável a companhia. O acordo já foi rejeitado publicamente pelos maiores grupos de credores da empresa. A indefinição levou o governo a criar um grupo de trabalho para buscar soluções para a dívida da Oi

Com a indefinição, as probabilidades de uma intervenção direta do governo e da abertura do processo de cassação de licenças da operadora pela Anatel só aumentam. O ministro da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações, Gilberto Kassab, afirmou a solução para resolver a crise da Oi não deve acontecer antes da assembleia. Segundo informações, representantes do governo também querem o adiamento do encontro. 

LEIA TAMBÉM:


Nenhum comentário:

Postar um comentário