segunda-feira, 16 de outubro de 2017

Baixa qualidade de internet no Rio Grande do Sul afeta agricultores

O que você achou? 
O estado tem uma das cinco piores avaliações de conexão de internet no Brasil, de acordo com pesquisa.

Nesta semana, produtores rurais gaúchos reclamaram da baixa qualidade da internet no Rio Grande do Sul. Por conta de uma nova lei, os agricultores terão de substituir a emissão de nota fiscal manual elo sistema eletrônico. 

O problema é que a péssima qualidade de internet no estado deve prejudicar a adoção do sistema, que deve entrar em prática até janeiro de 2019. 

Uma pesquisa realizada pelo Sebrae (Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas), apontou que os agricultores gaúchos são os que mais utilizam celular em todo o Brasil, porém o mesmo estudou mostrou que o estado tem uma das cinco piores avaliações de internet no país

A diretora do Corede (Conselho de Desenvolvimento da Região da Produção), Munira Awad, afirmou que atualmente o agricultor precisa estar ambiente e conectado com novas tecnologias para melhorar o seu ambiente de trabalho. 

Os produtores rurais acreditam que projeto como o Internet Para Todos devem ajudar a melhorar a qualidade da internet no estado. Para os agricultores, também será preciso discutir com operadoras e fornecedoras de energia, a viabilidade do projeto. 

De acordo com a pesquisa do Sebrae, 98,5% dos produtores gaúchos utilizam o celular e cerca de 75,3% usam a internet para resolver questões de seus empreendimentos e negócios rurais. Com informações da RBS TV. 

LEIA TAMBÉM:


Um comentário:

  1. Eu moro na cidade e não tenho cobertura da TIM . Pior nas áreas rurais.

    ResponderExcluir