quinta-feira, 5 de outubro de 2017

Apesar de desigualdade, Brasil é o 4° país com mais internautas

O que você achou? 
Estudo coloca Brasil em 4° lugar no ranking mundial de internautas, mas destaca desigualdade de acesso à internet no país.

Em relatório divulgado nesta semana pela Conferência das Nações Unidas sobre Comércio e Desenvolvimento, o Brasil ocupa a 4° posição no ranking mundial de internautas com cerca de 120 milhões de pessoas conectadas à internet

O país fica atrás apenas de China com 705 milhões, Índia com 333 milhões e Estados Unidos com 242 milhões. Mesmo com o alto número se consideramos a nossa população total, considerando o percentual da população brasileira com acesso à internet o resultado é bem inferior. 

Dados divulgados pela União Internacional de Telecomunicações (UIT) apontou que 59% da população brasileira tem acesso à internet, atrás de Reino Unidos com 94%, Japão com 92%, Alemanha com 90% e Estados Unidos e Rússia, ambos com 76%. 

O relatório também apontou que o crescimento médio do país entre 2012 e 2015 foi de 3,5%. Segundo dados da pequisa TIC Domicílios, divulgado pelo Núcleo de Informação e Comunicação do Comitê Gestor da Internet (CGI-Br), há uma desigualdade ainda gritante no acesso à internet no Brasil. Cerca de 59% das residências conectadas estão no centros urbanos, contra apenas 26% em áreas rurais. Em questão de regiões, na região Sudeste 64% da população estão conectados contra 40% da região Nordeste. 

A pesquisa do CGI-Br também aponta que apenas 29% das famílias com renda de até um salário mínimo tem acesso à internet. A penetração nas classes D e E é de apenas 23% contra 98% de usuários conectados na classe A. Com informações do ComputerWorld.

LEIA TAMBÉM:


Nenhum comentário:

Postar um comentário