quinta-feira, 21 de setembro de 2017

Vice-presidente da Anatel fala sobre ampliação da banda larga

O que você achou? 
 Igor de Freitas destacou as dificuldades do país para ampliar a banda larga e pediu mais flexibilidade para a atuação das empresas do setor. 

Durante um debate sobre políticas públicas no Painel Telebrasil 2017, nesta quarta-feira, 20, o vice-presidente da Anatel, Igor de Freitas, destacou as dificuldades para ampliar a banda larga no país e pediu mais flexibilidade para as empresas poderem atuar no setor. 

Para o executivo, há uma escassez de recursos públicos, mas mesmo assim as empresas não devem apenas atuar em locais atrativos com grande potencial do lucro, mas também atender a áreas mais distantes, de menor interesse e com menor densidade populacional. 

Igor destacou que para ampliar a banda larga no Brasil são necessários investimentos privados, ressaltando que para ter uma estrutura de banda larga é preciso desenvolver o serviço em todas as regiões do país e não apenas nos principais centros urbanos. 

O secretário de Telecomunicações do Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC), André Borges, disse que o ministério está revendo a política do setor. O presidente da Claro, José Felix, destacou que a carga tributária do setor do país é extremamente alta e por isso, os investimentos tem sido insuficientes, o executivo também defendeu a revisão da Lei Geral de Telecomunicações

LEIA TAMBÉM:


Nenhum comentário:

Postar um comentário