terça-feira, 5 de setembro de 2017

Vecto Mobile é a nova operadora de celular do Brasil

O que você achou? 
Operadora virtual, já autorizada pela Anatel, diz focar na conectividade voltada para internet das coisas, e nem cogita seu uso para ligações.

A Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) autorizou mais uma empresa a atuar como operadora virtual de telefonia celular. Agora, portanto, o Brasil tem mais uma operadora oficial: a Vecto Mobile. Sua proposta, no entanto, não é oferecer ligações e outros serviços de voz, e sim focar em conectividade, principalmente em serviços que não recebem atenção das operadoras mais conhecidas.

Ao que tudo indica pelos contratos assinados em projetos relacionados com monitoramento de veículos, máquinas de cartão de crédito, agronegócio, segurança, rastreamento e carros conectados, por exemplo, o foco dessa nova operadora é a conexão voltada para a internet das coisas, como já aconteceu com o chamado Things Mobile. Neste caso, a Vecto Mobile é exclusivamente brasileira e já passa a funcionar junto com as outras operadoras móveis virtuais (MVNO) Porto Seguro Telecom, Datora, Correios Celular e Terapar.

De acordo com o CEO da Vecto, Gerson Rolim, as empresas estão começando a perceber os benefícios da internet das coisas, uma vez que a tecnologia oferece dados importantes, acessíveis e mais baratos, com segurança e inteligência para serem utilizados em dispositivos conectados. A intenção da nova operadora, portanto, é expandir ainda mais a possibilidade desse tipo de tecnologia.

A operadora vai funcionar por meio de um cartão SIM que poderá ser utilizado por qualquer hardware de dispositivo móvel inteligente, seja ele um eletrodoméstico, um tablet ou um smartphone. Atualizações remotamente e tecnologia embarcada, que permitirá a inserção do cartão desde a fabricação, são algumas das novidades da Vecto Mobile, que promete soluções tecnológicas para o setor de telecomunicações.

LEIA TAMBÉM:


2 comentários:

  1. Com qual operadora nacional a Vecto estará vinculada? Vivo, Tim, Claro ou Oi?

    ResponderExcluir