sábado, 16 de setembro de 2017

Sercomtel toma atitude para evitar roubo de cabos

O que você achou? 
Prejuízo da operadora com roubo de cabos chegou a R$ 212,8 mil somente em 2017, um aumento de 50% nos casos em relação ao ano passado.

A Sercomtel divulgou, nesta sexta-feira (15), informações que mostram o grande prejuízo que a empresa está passando com o roubo de cabos. Já no ano passado, o prejuízo havia sido de R$ 158 mil, mas, somente em 2017 (que, aliás, ainda nem chegou ao fim), o número já chegou aos R$ 212,8 mil.

De 1º de janeiro até 15 de setembro, um total de 104 peças foram furtadas, representando 8.702 metros de cabos. Esse mesmo período em 2016 marcou a perda de 68 cabos, 5.570 metros furtados. Ou seja, um aumento de mais de 50%. Em relação ao prejuízo, o crescimento foi de 34%.

É por isso que a Sercomtel decidiu implantar braçadeiras de aço para dificultar a vida dos ladrões que cortam os cabos. Essa ação vai acontecer, a princípio, onde há mais evidência de furtos: Waldemar Hauer, Santa Mônica, Casoni, Bahia, Coliseu, Santiago, Londrina e na cidade de Apucarana, no Paraná.

Para a operadora, mesmo com o constante registro de boletins de ocorrência, os furtos continuam e é difícil identificarem e punirem os criminosos, o que exige uma nova atitude e estratégia da prórpia empresa para evitar esse tipo de problema, que prejudica o serviço para os clientes, e também a finança para a empresa.

LEIA TAMBÉM:


Nenhum comentário:

Postar um comentário