terça-feira, 5 de setembro de 2017

Senado avalia projeto que obriga SACs a atender chamadas de celular

O que você achou? 
Projeto será analisado nesta quarta em comissão do Senado. Atualmente, a determinação só vale para ligações de telefones fixos.

A Comissão de Ciência, Tecnologia, Inovação, Comunicação e Informática (CCT) irá analisar na próxima quarta-feira, 6, o PLS 445/2016 de autoria do Senado Roberto Muniz (PP-BA). O projeto obriga os serviços de atendimento ao cliente a atenderem as ligações de celulares. 

Atualmente, a determinação só vale para telefones fixos. Muniz defende o projeto e ressalta que o Brasil tem mais aparelhos móveis do que fixos e por isso a proposta é necessária. O relator da pauta, o Senador Otto Alencar (PSD-BA) já confirmou que vota pela aprovação do texto. 

O projeto está em fase conclusiva no Senado e se o texto for aprovado sem alterações, segue direto para a Câmara dos Deputados. 

Outros projetos em pauta na semana

O PLS 5/2017 que obriga as operadoras a prover cobertura de celular nas rodovias federais e estaduais. O senador Otto Alencar, também é relator deste projeto no Senado e fez algumas alterações no texto. A principal mudança é a sugestão do parlamentar para que a determinação só passe a valer para as futuras concessões de telefonia móvel

A proposta que garante ao usuário o direito à manutenção de seu número de celular em caso de roubo, furto ou perda, também deve ser analisada nesta semana pelo Senado. O PLS 70/2017 é de autoria do senador Paulo Bauer (PSDB-SC) e tem apoio do relator Otto Alencar para aprovação. 

LEIA TAMBÉM:


3 comentários:

  1. Bom projeto, espero que seja aprovado!! Muitas vezes consultas médicas e outros serviços só de número fixo . Orelhões e telefone fixo ficou no tempo da pedra lascada

    ResponderExcluir
  2. Projeto realmente útil. Linhas fixas já está muito ultrapassado

    ResponderExcluir
  3. Já tive de ir ao orelhão da esquina da minha casa ligar para a central de atendimento de uma operadora de cartão de crédito, pois não tenho telefone fixo e não aceitavam ligações via celular

    ResponderExcluir