sexta-feira, 1 de setembro de 2017

Primeira transmissão com 5G no Brasil acontece nesta quinta

O que você achou? 
Evento do MCTIC em Brasília marca a primeira transmissão em 5G no Brasil, com equipamento desenvolvido pelo Inatel.


Nesta quinta, feira, 31, aconteceu em Brasília a primeira transmissão com a tecnologia 5G do Brasil. As demonstrações aconteceram durante um evento organizado pelo Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC). As comunicações são desenvolvidas pelo Inatel (Instituto Nacional de Telecomunicações).

O instituto lidera as pesquisas sobre o 5G no Brasil e defende o uso futuro da tecnologia nas redes móveis brasileiras para expandir o acesso à internet em áreas mais afastadas e com população pequena.

Luciano Leonel Mendes, responsável por coordenar as pesquisas do Inatel, afirmou que mesmo com o avanço tecnológico, o acesso à internet só existe de fato nos grandes centros urbanos. A intenção é que o 5G possa atingir as regiões em que não há oferta de serviços de internet.

Para conseguir levar a internet para áreas remotas, o Inatel desenvolveu o transceptor MIMO-GFDM, aparelho que permite a realização de transmissões em 5G. Em junho, o equipamento venceu uma competição na Europa, sendo considerado a solução mais flexível para redes 5G.

O equipamento, que levou cerca de três anos para ser desenvolvido, contou com a participação de mais de 30 pesquisadores do Centro de Referência em Radiocomunicações (CRR) do Inatel e teve apoio do MCTIC e da Finep. A pesquisa é mantida com recursos do Funttel (Fundo para o Desenvolvimento Tecnológico das Telecomunicações).

A rede 5G deve aumentar o raio de cobertura, de 10 km para 50 km, melhorando a qualidade de conexões móveis e da banda larga fixa.

LEIA TAMBÉM:


Nenhum comentário:

Postar um comentário